Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians bate o Cruzeiro e segue firme na luta pelo título

Time mineiro perdeu um pênalti na segunda etapa com Montillo e completa onze jogos sem vitórias

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Corinthians conseguiu uma vitória importantíssima na luta pela liderança do Brasileirão nesse domingo. O time paulista bateu o Cruzeiro em plena Arena do Jacaré, por 1 a 0, com um belo gol de Paulinho. O volante apareceu como elemento-surpresa no segundo tempo e selou a vitória paulista, para desespero da torcida cruzeirense.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Campeonato Brasileiro

O torcedor mineiro compareceu em bom número a Arena do Jacaré, decidido a empurrar o time para quebrar um jejum que já durava dez partidas. Mas não foi dessa vez, já que o Cruzeiro decepcionou novamente. Montillo, o craque do time, teve a chance do empate em seus pés, mas acabou perdendo penalidade.

null

O Corinthians, por outro lado, armou uma estratégia inteligente, com homens velozes para o contra-ataque. E foi exatamente em uma jogada como essa que Paulinho apareceu sozinho na área para selar a importante vitória corintiana.

"Quando é fácil não é o Corinthians. Estamos de parabéns por esse difícil vitória, até pela situação do Corinthians", disse o atacante Liedson, que deixou o gramado exausto.

O jogo
Logo no primeiro lance do Cruzeiro no ataque, Keirrison sofreu um corte no supercílio e voltou ao campo com uma touca de natação. O time mineiro começou a partida nervoso, reclamando a cada falta marcada para o adversário.

Empurrado pela torcida, o Cruzeiro tinha mais presença ofensiva. Fabrício arriscou de fora da área obrigou Júlio César a fazer bela defesa no cantinho. Em bela jogada pela ponta esquerda, Everton cruzou para Keirrison, que não marcou pois chegou um pouco atrasado na jogada.

O Corinthians só saia na boa. Em uma cobrança de escanteio, Paulo André subiu no terceiro andar e obrigou Fábio a trabalhar. O clima era tão quente na partida que até o árbitro Pablo dos Santos Alves paralisou a partida para os atletas se refrescarem.

Já no final da primeira etapa, Liedson apareceu sozinho na frente, mas o goleiro cruzeirense abafou bem e evitou o pior. “Vamos continuar em cima, procurando o gol”, disse o atacante Keirrison, que perdeu as melhores chances cruzeirenses. Os corintianos deixaram o gramado reclamando de um pênalti não marcado em Paulinho.

Atendendo aos anseios da torcida, Vágner Mancini tirou Keirrison e promoveu a entrada de Anselmo Ramon. Mas a inoperância do ataque cruzeirense continuava. O Corinthians, que não tem nada a ver com isso, aproveitou um contra-ataque letal e marcou o primeiro. Alex rolou com cuidado para Paulinho, que bateu de primeira para silenciar a Arena do Jacaré.

A partir daí, o que se viu foi uma pressão enorme do Cruzeiro. Depois de tantos cruzamentos na área, Elber foi derrubado na área e o juiz assinalou pênalti. Mas a tarde não era mesmo dos mineiros. Montillo foi para a cobrança e isolou por cima. 

Tite reclamou muito da penalidade e acabou expulso pelo árbitro da partida.  "Todo o estádio viu que não foi pênalti", reclamou o treinador corintiano. O Cruzeiro ainda perdeu uma chance inacreditável com Anselmo Ramon. O atacante cabeceou de dentro da pequena área e Júlio César assegurou o resultado com bela defesa.

FICHA TÉCNICA- CRUZEIRO 0X1 CORINTHIANS
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 16 de outubro de 2011, no domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)
Renda: R$189,185,00
Público: 17.004 pagantes
Cartões amarelos: Marquinhos Paraná, Wellington Paulista e Charles (CRU); Ramon, Edenílson e Alessandro (COR)

Gol:
Corinthians: Paulinho, aos 19 minutos da segunda etapa

CRUZEIRO: Fábio; Vítor, Léo, Victorino e Everton (Diego Renan); Marquinhos Paraná, Fabrício, Charles (Elber) e Montillo; Keirrison (Anselmo Ramon) e Wellington Paulista
Técnico: Vágner Mancini

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castan e Ramon (Wallace); Paulinho, Ralf; Alex e Danilo; Willian (Edenílson) e Liedson (Ramires)
Técnico: Tite
 

 

Leia tudo sobre: CruzeiroCorinthiansBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG