Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians aguarda sim de Parreira para anunciá-lo como coordenador técnico

Após saída de Mário Gobbi do comando do futebol, clube quer ter diretor remunerado para gerenciar tanto a base como o futebol profissional

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O Corinthians sonha em ter Carlos Alberto Parreira como coordenador técnico do clube em 2011. A saída de Mário Gobbi da direção de futebol na terça-feira pode acelerar as negociações. De acordo com conselheiros do Corinthians, o presidente Andrés Sanchez vê em Parreira a pessoa certa para aproximar mais o futebol profissional das categorias de base e após um encontro dos dois nos próximos dias a proposta corintiana será apresentada ao ex-treinador da seleção brasileira.

Miguel Marques de Silva, conselheiro do clube e ex-diretor do futebol amador e de base do Corinthians, diz que a ideia do clube em relação a Parreira é ter um diretor remunerado no cargo para que assim ele possa ser mais cobrado, como um funcionário qualquer, diferente do que acontecia com Mário Gobbi, por exemplo.

Nenhum diretor no Corinthians é remunerado, então se chega alguém que vai receber para trabalhar, é natural que se cobre mais os resultados, diz Marques, que deixou o comando da base do clube em outubro, depois de pedido de Andrés Sanchez.

Quando perguntado se o ex-técnico da seleção brasileira pode vir a ser o novo homem forte do futebol corintiano, Andrés desconversa, mas deixa a possibilidade no ar. Pode acertar amanhã, depois de amanhã ou daqui 100 anos, disse o presidente em evento na noite de terça-feira, em São Paulo.

Após a demissão de Adilson Batista, na metade de outubro, Parreira foi procurado por Sanchez para assumir o comando do time na reta final do Brasileirão. Alegando que precisaria descansar com a família e se dedicar à organização do Footecon, evento que está sendo realizado no Rio nesta semana, o treinador comprometeu-se a conversar com Andrés durante o evento, o que ainda não aconteceu.

Fui procurado para ser técnico, mas o presidente do Corinthians entendeu que naquele momento eu não poderia assumir nenhum clube. Deixamos para conversar depois do Footecon. Isso ainda está em aberto, disse Parreira, durante o fórum que reúne vários treinadores no Rio de Janeiro.

O técnico corintiano Tite, que participa do evento na capital carioca, avaliou como positiva a chegada de Parreira para coordenar os trabalhos do departamento de futebol do clube. Eu acredito que todo grande profissional gostaria de ser dirigido pelo Carlos Alberto Parreira, de trabalhar junto com ele e de ter essa parceria em qualquer circunstância, inclusive eu", disse Tite no Footecon.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG