Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians admite negociação com Ganso

Jogador vive impasse com diretoria do Santos e seus representantes já negociaram com rival

iG São Paulo |

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, confirmou que negocia com os empresários do meia Paulo Henrique Ganso uma transferência para o clube. O meia e seu representantes vivem um impasse com o Santos na tentativa de renovar o seu contrato. No dia 10 de fevereiro, o iG antecipou que existia uma conversa entre o estafe de Ganso e o Corinthians.

“Realmente teve e está tendo conversas, mas eu acho que não posso passar por cima do Santos. Infelizmente o que impende é que ele quer ficar três meses no Brasil e ir embora. Isso o Corinthians não vai fazer. Ou ele fica aqui temporadas ou segue a vida dele. Mas, é o melhor jogador do Brasil na atualidade”, afirmou Andrés Sanchez, nesta segunda-feira, em entrevista à rádio Bandeirantes.

O iG apurou que a intenção do DIS, empresa do Grupo Sonda que administra a carreira de Ganso, é transferir o jogador para o Corinthians antes de levá-lo para a Europa. Isso porque, a Inter de Milão, da Itália, principal candidata a contratar o camisa 10 do Santos, gastaria menos para ficar com o atleta, já que pagaria o valor da multa rescisória para clubes do Brasil, esquema conhecido como “ponte”. Por contrato, o valor da multa rescisória para uma equipe brasileira é de aproximadamente R$ 60 milhões. Para um clube do exterior, a multa vale quase o dobro, R$ 115 milhões.

“Converso com os representantes dele (Ganso) e do Santos, com o Luis Álvaro (presidente do Santos) constantemente. Eu acho que o Luis Álvaro tem de fazer um esforço maior e de tudo para ficar com o garoto lá, porque senão é uma perda muito grande. Lógico que o Corinthians está de portas abertas", afirmou o corintiano.
AE
Grupo Sonda administra a carreira de Paulo Henrique Ganso


No domingo, Ganso foi chamado de “mercenário” e “pipoqueiro” por torcedores do Santos na Vila Belmiro, após a derrota para o Palmeiras. A bronca da torcida com o meia ocorre devido às negociações frustradas em relação ao projeto de carreira oferecido pelo Santos.

Se não bastasse, na última reunião entre o jogador, seus representantes e a diretoria do clube, o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, revelou o desejo de Ganso em atuar no futebol europeu.

O estafe de Ganso, inclusive, está na Itália desde a última terça-feira para ouvir propostas de Inter de Milão e Milan, que disputam a contratação do jogador.
 

Leia tudo sobre: GansoSantosCorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG