Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians acerta com a Globo, mas não revela valores

Clube fechou acordo para que suas partidas no Brasileiro sejam exibidas na emissora

iG São Paulo |

O Corinthians anunciou nesta terça-feira o acerto com a Rede Globo para que a empresa transmita as partidas do clube no Campeonato Brasileiro. O contrato vale para os torneios de 2012 a 2015. Segundo nota divulgada no site do clube, “Os valores do acordo não podem ser revelados, em razão de cláusula de confidencialidade, mas são muito superiores aos praticados atualmente”.

Divulgação
Marcelo Campos Pinto, da Globo, e Andrés Sanchez, do Corinthians
A não divulgação dos valores vai contra o que o presidente corintiano, Andrés Sanchez, afirmou há dez dias. “Quando eu assinar contrato, venho aqui e mostro pra todo mundo, quanto vai ganhar, quanto vai entrar, mas vocês (imprensa) me cobrem. Quando assinar, venho aqui e mostro", disse o dirigente, no dia 12 de março.

No acordo, a Globo adquiriu os direitos de exibição das partidas do clube paulista em todas as mídias: TV aberta, TV fechada, pay-per-view, internet e telefonia.

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, foi o primeiro a anunciar que deixaria o Clube dos 13 e que negociaria individualmente com as emissoras os direitos de transmissão de suas partidas. Além da equipe paulista, até agora, outros cinco clubes já acertaram com a Globo: Coritiba , Goiás, Grêmio, Vitória, Cruzeiro.

Na nota divulgada pelo Corinthians, o clube comenta a proposta feita pela Record, que ofereceu R$ 100 milhões por ano, para exibir 19 partidas do clube. “A proposta pública exige do Corinthians algo que, segundo a lei vigente, o clube não tem o direito de comercializar. De acordo com o artigo 42 da Lei no. 9.615/98, a chamada Lei Pelé, aos clubes pertence o direito de negociar a transmissão de determinada partida. Assim, o Corinthians, isoladamente, não tem poderes para comercializar seus 19 jogos como mandante, conforme proposto pela TV Record”, diz o texto.

Com a decisão do Corinthians, a emissora deverá desistir de tentar transmitir jogos do Campeonato Brasileiro. Na segunda-feira, o vice-presidente comercial da Record, Walter Zagari, afirmou que se a empresa ouvisse um “não” pela sua proposta desistiria de negociar com outros clubes.

“Se não fecharmos com os dois (Flamengo e Corinthians), não vamos procurar outros clubes. A nossa proposta é irrecusável”, afirmou Zagari.

Tanto a Record quanto a Globo não participaram da concorrência elaborada pelo Clube dos 13. A entidade sofreu com um racha político e hoje já não conta com o apoio de mais da metade de seus filiados. A Rede TV!, única a participar da licitação, ofereceu R$ 516 milhões para a exibição de todas as partidas do Brasileiro.

 

Leia tudo sobre: CorinthiansClube dos 13Campeonato BrasileiroGlobo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG