Jogadores têm contrato com o time paulista, mas devem continuar na equipe de Salvador

Considerada uma das principais metas da diretoria do Bahia durante o mês de dezembro, a renovação de contrato com o meia Lulinha e o atacante Souza foi praticamente oficializada no último domingo. O Corinthians aceitou emprestar os atletas por mais uma temporada e deu o aval para que o time baiano proponha um novo vínculo aos jogadores. Os contratos de Souza e de Lulinha com o Corinthians são válidos até 31 de dezembro de 2012.

Souza continua no Bahia em 2012
Gazeta Press
Souza continua no Bahia em 2012
Leia também: Corinthians se reforça com atacante que estava no futebol japonês

A confirmação do acerto entre os clubes veio por meio do Twitter oficial do Bahia. A equipe frisou que agora a permanência de ambos só depende de um acordo entre o Esquadrão e os empresários que representam os atletas que ainda mantém contrato com o Corinthians.

"Entre Bahia e Corinthians já esta tudo certo, mas renovações de Lulinha e Souza dependem de um acerto com os atletas e seus empresários. Definição sobre os dois deve sair no início da semana. Os dois atletas tem propostas de outras equipes, mas querem ficar no Bahia", declarou o time através da rede social.

Renegados do Corinthians, Souza e Lulinha voltaram a desempenhar um bom futebol neste Campeonato Brasileiro, quando foram decisivos em uma série de partidas e ajudaram o Bahia a garantir uma vaga na Copa Sul-americana do ano que vem.

O atacante foi o responsável por balançar as redes 11 vezes e se tornou o artilheiro da equipe no Brasileiro. Entre os gols marcados pelo centroavante durante a temporada, o destaque fica para o da partida contra o Santos, que terminou empatada em 1 a 1 e livrou o clube do rebaixamento para a Série B.

Já o meia ficou no banco de reservas durante boa parte da competição, mas suas atuações no segundo tempo dos jogos chamaram a atenção do técnico Joel Santana, que conferiu a titularidade ao armador nas últimas rodadas do campeonato. Ao todo, Lulinha marcou cinco vezes e distribuiu uma série de assistências aos atacantes do Bahia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.