Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coreia do Norte bate Japão e é "campeã mundial não-oficial"

"Campeonato" de futebol não-oficial é monitorado pelo jornalista Paul Brown por brincadeira, com um banco de dados que remonta a 1872

iG São Paulo |

Reprodução/Site oficial
O dinossauro Hughie é o mascote oficial do UFWC
O improvável aconteceu. A Coreia do Norte, eliminada na primeira fase da Copa do Mundo de 2010 e já sem chances de classificação para a Copa-2014, assumiu o posto de campeã mundial de futebol na última terça-feira, após a vitória por 1 a 0 sobre o Japão. O gol de Pak Nam Chol garantiu o título inédito para os norte-coreanos. A conquista, no entanto, é fruto da criatividade de um jornalista inglês.

Trata-se do UFWC (Campeonato Mundial Não-Oficial de Futebol, em inglês). Monitorado por brincadeira pelo jornalista Paul Brown, ele segue uma abordagem semelhante à do boxe para decidir para quem vai o título. A seleção “campeã” defende seu título a cada jogo disputado, até ser derrotada. Então, o time vencedor será o novo “campeão”, que por sua vez, também defenderá a taça até sofrer uma derrota.

O último campeão era o Japão, até a derrota contra os norte-coreanos pelas eliminatórias asiáticas para a Copa-2014. Eles haviam passado 16 jogos com a taça fictícia, após terem derrotado a Argentina por 1 a 0 em um amistoso em 8 de outubro do ano passado. Agora, cabe à Coreia do Norte defender o posto em sua próxima partida, contra o Tadjiquistão, em 29 de fevereiro de 2012.

O site conta com um banco de dados extenso que tem início em 1872, no primeiro jogo entre seleções da história, com um empate em 0 a 0 entre Escócia e Inglaterra. Entretanto, apenas em 8 de março de 1873, no segundo jogo entre seleções (o primeiro a ter um vencedor), o mundo conheceria seu primeiro campeão de futebol não-oficial: a Inglaterra, que venceu por 4 a 2 a Escócia.

Desde então, o título vem passando de mão em mão. Os escoceses se vingaram dos ingleses e se tornaram os maiores vencedores da história, segundo o ranking do site. A medição é feita desta forma: cada vitória em partidas válidas pelo título vale um ponto ao vencedor. Empates não contam pontos, mas não fazem com que uma seleção perca a taça.

Entre os países que já ostentaram o título estão Zimbábue, Costa Rica, Romênia, Geórgia e até mesmo as Antilhas Holandesas. O Brasil só veio a ser campeão em 20 de abril de 1952, após vencer por 3 a 0 a seleção chilena. Desde então, a seleção brasileira acumulou 29 pontos no ranking, sendo o sexto time mais vitorioso da “competição”.

AFP
Pak Nam Chol cabeceia para marcar e conquistar o inédito título de campeão mundial não-oficial

Leia tudo sobre: futebol mundialcoreia do nortejapãoufwc

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG