Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cafu pede que Brasil acorde, mas quer fim das dúvidas sobre Copa

"Temos um país de primeiro mundo e pessoas com mentalidade de terceiro mundo", disse o capitão do penta

Gazeta |

Como a maioria dos ex-jogadores que falam sobre a Copa do Mundo no Brasil, Cafu está preocupado com os atrasos na organização do Mundial de 2014. O capitão do pentacampeonato, porém, faz um apelo a todos: as más impressões sobre as condições do país não devem ser tão relevadas.

"O melhor é acabar com esta expectativa de que nada vai dar certo. Temos um país de primeiro mundo e pessoas com mentalidade de terceiro mundo", criticou o ex-lateral direito, em evento de lançamento de um campo de futebol montado pela Uefa no Clube Nacional, em São Paulo.

De acordo com o recordista de jogos da história da seleção brasileira, as informações divulgadas sobre a estrutura brasileira têm incomodado seus amigos do exterior. As dúvidas em relação à condição que o Brasil organizará a principal competição do futebol também dominam os estrangeiros.

"Claro que estão todos preocupados. Só sai notícia que o aeroporto não funciona, o transporte, a segurança, os estádios... Quanto mais alimentam, mais ênfase darão a essa preocupação", alertou Cafu.

Sugestões de mais confiança à parte, o ex-atleta também faz seu pedido por pressa nas melhores de infraestrutura de cidades e estádios. "Estamos um pouco atrasados, e não sou eu que estou dizendo. O próprio ministro (do Esporte, Orlando Silva) disse isso. Mas no final vai dar tudo certo", disse, otimista.

"Espero que o Brasil acorde o mais rápido possível. Mas não estou preocupado porque com certeza faremos uma grande Copa", reforçou Cafu.

Leia tudo sobre: cafucopa 2014obrasproblemasex-atletagoverno

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG