Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

BNDES aprova financiamento para as obras do Mineirão

Foi liberada uma linha de crédito no valor de R$ 400 milhões para a Minas Arena, construtora do estádio

Gazeta |

Nesta terça-feira, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o pedido de financiamento para as obras do Mineirão para a Copa do Mundo de 2014. A linha de crédito, estipulada no valor de R$ 400 milhões, será liberada para a empresa Minas Arena, responsável pelo estádio, e posteriormente à administração da arena pelos próximos 25 anos.

"Foi mais uma demonstração de credibilidade ao projeto, de confiança na viabilidade financeira da obra do Mineirão", afirmou Ricardo Barra, presidente da Minas Arena. Nos próximos 30 dias será negociado entre o BNDES e a Minas Arena o contrato, no qual ficará definido o valor de cada parcela a ser repassada à empresa.

"O contrato é entre o BNDES e Minas Arena. De qualquer forma é mais uma prova do trabalho bem feito de preparação para a Copa que Minas Gerais está fazendo. Por isso temos tranquilidade de que o Mineirão será reinaugurado em dezembro de 2012", concluiu Sergio Barroso, secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo.

Divugação
Reforma deve terminar em dezembro de 2012; estádio deve ficar assim

A revitalização do Mineirão foi programada para ser definida em três fases. Na primeira delas, de 25 de janeiro a junho de 2010, foram feitos reparos estruturais das vigas de sustentação do estádio. Na segunda etapa, de 26 de junho a 20 de dezembro, foi realizada a demolição de parte da arquibancada inferior e da geral, além de rebaixamento do gramado em 3.4 metros.

Já a terceira e última etapa teve início em 22 de dezembro de 2010 e será finalizada até 20 de dezembro de 2012. Para viabilizar a etapa, orçada em R$ 654 milhões, o Governo de Minas Gerais optou pelo modelo da gestão compartilhada. A empresa Minas Arena conduz a obra e terá direito a operar o estádio por 25 anos.

Leia tudo sobre: mineirãocopa 2014

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG