Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Blatter diz que Rússia para 2018 está mais adiantada do que Brasil

Logo após criticar o Brasil em São Petesburgo, Blatter divulgou um comunicado elogiando o comprometimento dos brasileiros

Reuters |

AFP
Joseph Blatter pede desculpas pelas declarações sobre o racismo no futebol
A Rússia já está melhor preparada para sediar a Copa do Mundo de 2018 do que o Brasil, que sediará o evento em 2014, disse nesta sexta-feira o presidente da Fifa, Joseph Blatter. Mais tarde, o dirigente tratou de colocar panos quentes na situação e divulgou comunicado elogiando o empenho dos brasileiros na realização do evento.

Leia mais: Preços dos ingressos serão divulgados após aprovação da Lei da Copa

"Posso lhe dizer que estamos mais, bem mais avançados (na Rússia). Diria ainda que temos mais problemas no momento no Brasil do que... aqui", disse Blatter em entrevista coletiva. O dirigente afirmou no mês passado que o Brasil ainda tem problemas em aeroportos, estradas e transporte público.

Veja ainda: Após “puxão de orelha” da Fifa, Natal diz que está em dia

Logo após a divulgação de sua crítica à preparação brasileira para a Copa, o presidente da Fifa soltou um comunicado no site da entidade, tentando explicar sua declaração. "Em minhas declarações mais cedo na Rússia - as quais levaram a alguns mal-entendidos - eu me referia à excelente preparação na Rússia até o momento, já que eles estão à frente do cronograma para a Copa do Mundo da FIFA 2018", disse Blatter.

O dirigente também elogiou o relatório enviado por Jérôme Valcke, após visita ao país. “Recebi um relatório muito animador do Secretário-Geral da FIFA Jérôme Valcke após sua visita ao Brasil esta semana. Neste contexto, gostaria de reforçar que estamos convencidos de que o Brasil organizará dentro dos prazos uma fantástica Copa do Mundo da FIFA 2014", comentou o mandatário.

Para finalizar, Blatter ainda se disse satisfeito com o empenho do governo brasileiro no evento. "Quanto ao Brasil, estou muito satisfeito com o forte comprometimento nos últimos dias por parte do governo brasileiro sob a liderança do Ministro do Esporte Aldo Rebelo, e estou ansioso para que continuemos nossa caminhada conjunta rumo a 2014”, concluiu Joseph Blatter.

E mais: Ricardo Teixeira evita nova exposição e usa Ronaldo como escudo

A Rússia conquistou o direito de sediar o evento esportivo pela primeira vez ao derrotar a Inglaterra e as candidaturas conjuntas de Portugal e Espanha e de Bélgica e Holanda em dezembro de 2010. Blatter e o presidente da Uefa, Michel Platini, estão em São Petesburgo, na Rússia, para as comemorações do centenário da União Russa de Futebol.
 

Leia tudo sobre: joseph blatterrússiacopa do mundo de 2018

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG