Tamanho do texto

Em candidatura conjunta, os três países da América do Norte vão receber os 80 jogos do Mundial de 2026, que terá novo formato a partir de então

Canadá, México, EUA vão sediar Copa de 2026
Reprodução
Canadá, México, EUA vão sediar Copa de 2026

A candidatura conjunta dos Estados Unidos, México e Canadá foi escolhida pela Fifa para sediar a Copa do Mundo de 2026. A escolha da sede da 23ª edição do evento foi anunciada pelo presidente da entidade máxima do futebol mundial , Gianni Infantino, no 68º Congresso da entidade, em Moscou, na Rússia.

Leia também: Olha a crise! Espanha demite seu técnico a um dia da abertura da Copa do Mundo

Ao todo, 203 associações de futebol participaram da votação, exceto a federação de Gana, que foi dissolvida por um escândalo de corrupção. A disputa para sediar a Copa do Mundo de 2026 estava entre Marrocos e a candidatura tripla das nações da América do Norte, que teve o apoio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e ganhou força para bater os africanos.

Leia também: França tem o elenco mais caro da Copa do Mundo; Brasil é o terceiro

Muitos já davam como certo que Canadá, Estados Unidos e Méxicos iriam sediar a competição. A Fifa avaliou muito bem a candidatura tripla, dando nota 402,8 (de 500). Enquanto Marrocos, que tentou pela 5ª vez receber a Copa do Mundo, teve apenas 274,9. De acordo com o projeto, o primeiro Mundial com 48 seleções teria 16 cidades sedes e 23 estádios. Todos eles já estão em funcionamento e precisarão passar apenas por algumas reformas ou modernizações para receberem a competição.

Leia também: Alisson fala de ansiedade para a Copa: "Vontade de vencer é nossa maior arma"

Copa 2026

Cidades da Copa 2026
Reprodução
Cidades da Copa 2026

A promessa da candidatura para a Fifa é gerar uma receita de 14 bilhões de dólares, e 11 bilhões de dólares de lucro para a entidade que rege o futebol no mundo. O Marrocos, por sua vez, iria realizar a competição em 12 cidades sedes com 14 estádios, sendo que seis deles precisariam ser construídos do zero.

O México receberá a Copa do Mundo pela terceira vez na história, após 1970 e 1986, já os Estados Unidos irão sediar o torneio pela segunda vez, depois de 1994. O Canadá terá a primeira oportunidade de ter um Mundial em seu território. A Copa do Mundo de 2026 deve ter 48 países, passando a 80 jogos, 16 a mais que o formato atual, com 32 seleções. A competição formaria 16 grupos com três equipes, sendo que as duas primeiras avançarão de fase para os mata-matas