Tamanho do texto

Uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2018 é Sochi, que tem um clima muito agradável com bons restaurantes e também conta com belo estádio

Localizada na região sudoeste da Rússia, pertencente ao Krai de Krasnodar e conhecida como cidade-resort, Sochi é uma das que terão estádios da Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia. A primeira partida será um clássico europeu entre Portugal e Espanha, no dia 15 de junho, no Estádio Fisht , construído para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno, em 2014, e já foi utilizado na Copa das Confederações de 2017.

Leia também: Estádios da Copa: conheça Rostov do Don, a "Cidade da Morte" na Rússia

Estádio Fisht, de Sochi, tem capacidade para 47.659 pessoas e receberá seis jogos; é um dos estádios da Copa mais novos e modernos
Divulgação
Estádio Fisht, de Sochi, tem capacidade para 47.659 pessoas e receberá seis jogos; é um dos estádios da Copa mais novos e modernos

Fundada em 1838, Sochi é uma das cidades com clima mais ameno da Rússia, sendo um dos principais destinos de milhares de turistas durante as férias, já que as temperaturas, tanto no inverno quanto no verão, são agradáveis. A região onde ficará um dos estádios da Copa é rodeada com água tépida e altas montanhas nevadas. Além disso, a cidade é considerada uma das mais modernas da Rússia. É lá que a seleção brasileira ficará durante toda a primeira fase do Mundial.

Fundação: 1838

População: 343.334 (Censo 2010)

Área: 176 km²

Altitude: 60 metros

Código Telefônico: +7862

Palco da Copa

Batizado em honra a um pico montanhoso na parte ocidental da cordilheira principal do Cáucaso, o Estádio de Fisht (ou estádio Olímpico de Fisht) foi construído em 2013 para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno, em 2014, e posteriormente reformado para receber jogos de futebol. Após a Copa, poderá receber jogos do FC Sochi, atualmente na terceira divisão. Lá, acontecerão quatro jogos da fase de grupos, um das oitavas de final e outro das quartas de final. Além disso, o estádio pode ser transformados para realização de competições de diversas modalidades esportivas.

Capacidade: 47.659

Custo: R$ 2.327 bilhões

Jogos:

15 de junho - Portugal x Espanha - Grupo B

18 de junho - Bélgica x Panamá - Grupo G

23 de junho - Bélgica x Tunísia - Grupo F

26 de junho - Austrália x Peru - Grupo C

30 de junho - Oitavas de final

7 de julho - Quartas de final

Clube da cidade

Уступили в равной борьбе! В рамках 30-го тура «ФОНБЕТ – Первенства России по футболу среди команд клубов ПФЛ» Зоны «Юг» игроки ФК «Сочи» принимали в родных стенах команду «Краснодар-2». С точки зрения таблицы встреча уже не имела серьёзного турнирного значения. Тем не менее, «орлы» наверняка выходили на поле с твёрдым намерением поквитаться за обидное поражение в первом круге – прошлым летом в дебютном матче чемпионата дублёры «быков» праздновали победу со счётом 2:0! К сожалению, планы реванша воплотить в жизнь не удалось. Старания подопечным Хазрета Дышекова было не занимать, а вот с реализацией были проблемы. Ни один из опасных моментов дружина из города-курорта так и не сумела довести до логического завершения. А вот гости терпеливо ждали своего шанса и преуспели на 35-ой минуте. Красивый дальний удар Назарова пришёлся точно в «девятку» - отчаянный прыжок нашего голкипера Петра Букиевского выручить команду был уже не в силах! В оставшееся до финального свистка время «орлы» предприняли немало попыток для того, чтобы переломить ход встречи, но тщетно. Как итог – 0:1! Игроки ФК «Сочи» потерпели домашнее поражение, завершив сезон на итоговой 7-ой строчке. Тем не менее, каждый из футболистов после окончания матча поспешил к фанатскому сектору, чтобы лично поблагодарить болельщиков за их поддержку на протяжении всего минувшего года. Спасибо, что были с нами! Будем надеяться, что новый сезон подарит куда больше ярких эмоций! #FCSochi #Sochi #ФКСочи #Сочи #СочиКраснодар2 #ПФЛ #ЗонаЮг

Uma publicação compartilhada por Футбольный клуб «Сочи» (@fc_sochi_official) em

Fundado em 2013, o FC Sochi está atualmente na terceira divisão do Campeonato Russo. Em junho de 2017, o clube anunciou uma "pausa" de um ano do time profissional para mudar sua estratégia. Além disso, a equipe foi representada por outras duas: Zhemchuzhina-Sochi e o FC Sochi-04. Por ser novo, o time nunca ganhou nenhum título.

Outros eventos

Duas grandes competições esportivas já aconteceram na cidade de Sochi e outra acontece com frequênia desde 2014: Jogos Olímpicos e Paraolímpicos e Copa das Confederações; GP da Rússia de F1. A primeira foi em 2014 e no estádio Fisht aconteceram as cerimônias de abertura e encerramento. A Copa das Confederações foi realizada em 2017, já que o evento Fifa antecede, sempre um ano antes, a Copa do Mundo. Enquanto o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1 aconteceu pela primeira vez em 2014 e desde então está presente na temporada.

Turismo

Com clima agradável, Sochi é muito procurada por turistas e também por brasileiros, já que a seleção ficará lá na primeira fase. Mas se for pra ficar por lá durante qualquer época do ano, fique tranquilo, é possível descansar e fazer muita coisa a qualquer momento, desde expedição a pé pelas montanhas, rafting até snowboard, já que a cadeia montanhosa do Caúcaso impede a passagem de massas de ar marítimo quente e úmido.

Leia também: Conheça o hotel que vai abrigar seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018

Pontos turísticos

O Museu de Arte de Sochi é um dos pontos turísticos mais visitados e conta com um grande acervo da história russa
Divulgação/Mihail Mokrushin/Sputnik
O Museu de Arte de Sochi é um dos pontos turísticos mais visitados e conta com um grande acervo da história russa

Khostinsky Tisosamshitovaya Grove: É um dos símbolos mais incríveis da cidade. Se você quer relaxar durante um jogo e outro, esse é o local ideal, pois a floresta com árvores antigas te dará ar puro, muito verde e ainda trilhas e caminhadas ecológicas.

Casa de campo de Stalin: Um dos pontos turísticos famosos de Sochi é a antiga casa de veraneio do ditador Josef Stalin. Ela fica em um bosque e é toda pintada de verde por fora. Lá dentro, quem visitar, encontrará objetos pessoais, estátua de cera, dentre outros objetos que te levarão numa viagem no tempo. Para entrar ou visitar com um guia, o turista pagará 150 e 300 rublos, respectivamente.

Dendrary Botanical Garden: Neste gigantesco jardim botânico você vai encontrar animais como papagaios e avestruzes transitando livremente. Ainda é possível ver fontes e estátuas, sendo a mais famosa é a da Brande de Neve com os sete anões. Sites especializados indicam visitar o local na primavera ou no verão, justamente no período da Copa 2018.

Teatro Winter: Um dos edifícios mais belos de Sochi com um interior de deixar o queixo caído, assim pode-se definir o Teatro Winter. Ir até lá é um dos programas mais populares da Rússia e o visitante pode comprar o ingresso online, mas em russo.

Museu de Arte de Sochi: Por 100 rublos o turista pode ver seis mil obras de arte soviética e do leste europeu. Existem peças desde o período mitológico até o clássico e algumas esculturas ficam expostas ao ar livre.

Culinária

A cidade de Sochi oferece grande variedade de restaurantes, sendo muitos deles especializados com a comida local. Confira os três melhores restaurantes de culinária russa de Sochi, segundo o site especializado Trip Advisor .

Olivye: Localizado bem próximo à costa e a um museu, o restaurante Olivye tem um clima bem familiar e conta, além da culinária russa, com a italiana, francesa, europeia, europeia central, frutos do mar e ainda opções vegetarianas. Lá você consegue almoçar e jantar, encontra cadeiras para bebês e tem estacionamento disponível.

Che Harcho Restaurant: O local conta com mesas amplas e estofadas, além de almofadas, o que deixa bem confortável. A cozinha, além de russa, é europeia, caucasiana, georgiana e há ainda opções vegetarianas e veganas. Você pode fazer reservas para visitar esse restaurante e o preço médio gasto é entre R$ 30 e R$ 86. Lá você pode tomar café da manhã, almoçar e jantar e levar a família com crianças ou ir em grupos grandes é uma boa ideia. A vista também é muito bonita da cidade de Sochi nas mesas ao ar livre.

Belyye Nochi: Este restaurante é próximo ao primeiro aqui citado. O ambiente é também familiar e é bom para levar toda a família e um grupo grande de amigos. Você também encontra mesas ao ar livre, pode fazer reservas e levar a comida. A culinária é mais específica: russa e do leste europeu e lá você pode tomar café da manhã, almoçar ou jantar.

Leia também: Estádios da Copa: palco da abertura e da final, Moscou é berço da cultura russa

Custos

De acordo com a cotação de Fevereiro de 2018, R$ 1 equivale a 17,53 rublos russos. Mas para fazer trocas para a moeda local, a melhor opção é usar dólar norte-americano e euro. Os custos diários na Rússia podem variar de acordo com o seu orçamento. Em uma viagem de baixo custo, é possível gastar cerca de R$ 90 com hospedagem em quartos compartilhados e alimentação em lugares simples. Caso possa gastar um pouco mais, os valores podem chegar à R$ 228 em um dia. Durante um passeio de luxo, os quartos dos melhores hotéis do país podem cobrar mais de R$ 300 a diária e uma refeição com dois pratos em um restaurante mais sofisticado custa, pelo menos, R$ 114.

Como chegar

De avião: Indo de Moscou, o tempo até chegar em Sochi é de 2 horas e 20 minutos. O aeroporto encontra-se a 30 quilômetros da cidade e de lá saem 60 linhas domésticas e internacionais. Em média, o turista pagará mais de R$ 300 para ir de Moscou até Sochi e o tempo de voo é de pouco mais de 2 horas.

De trem: Os trens saem diariamente das estações Kazansky e Kursky em Moscou e partem de duas a quatro composições. O tempo de viagem dura, em média, mais de 23 horas.

De ônibus/carro: Você vai levar ao menos 32 horas para ir de ônibus de Moscou até Sochi e poderá pegá-lo nas grandes estações, como a de Kazansky. Caso o turista opte por ir com um carro alugado para um dos estádios da Copa, ele levará mais de 20 horas para chegar ao destino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.