Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Copa do Brasil e seleção motivam Miranda até o final do contrato

Zagueiro irá para o Atlético de Madri em julho e quer conquistar uma chance com Mano Menezes antes disso

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Como se motivar jogando por um time e sabendo que em pouco menos de seis meses você estará defendendo outra camisa? Para o zagueiro Miranda, que em julho trocará o São Paulo pelo Atlético de Madri, essa pergunta tem muitas respostas, do profissionalismo à luta por uma chance na seleção e o sonho de se despedir com um título.

Em sua primeira entrevista coletiva após o anúncio do acerto com a equipe espanhola, o jogador demorou para falar de outro tema que não fosse a negociação do novo contrato. Mas quando falou, destacou a importância do título da Copa do Brasil, competição que ele disputará pela primeira vez com a camisa do São Paulo, já que desde que chegou o time sempre esteve na Libertadores.

“A gente tem que focar esses próximos meses na chance muito grande de voltar à Libertadores e eu vou tentar fazer o meu melhor para continuar sendo titular como sempre fui”, afirmou o camisa cinco.

Outro aspecto que motiva o zagueiro é a tentativa de voltar à seleção brasileira, conquistando sua primeira oportunidade desde a chegada do técnico Mano Menezes. E apesar de considerar o Atlético de Madri uma vitrine tão boa como o São Paulo, ele diz querer alcançar este objetivo ainda com a camisa do clube paulista.

“A respeito da seleção, vai aumentar ainda mais o meu estímulo para que nesses seis meses eu possa desempenhar um grande futebol para voltar a seleção. O São Paulo tem condição de me colocar na seleção e o Atlético também é um time grande, da capital da Espanha, tem praticamente a mesma visibilidade no cenário mundial”, disse.

Pelo São Paulo, Miranda estreou em uma vitória por 1 a 0 sobre o São Caetano em setembro de 2006, depois de chegar do Sochaux, da França. Até agora, em pouco mais de quatro anos, ele fez 237 jogos pelo clube do Morumbi e marcou nove gols. Participou da conquista do tricampeonato brasileiro consecutivo entre 2006 e 2008.

Leia tudo sobre: são paulofutebolmiranda

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG