Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Copa do Brasil começa com times grandes atentos às zebras

Historicamente, a competição nacional prepara surpresas. Veja o Top 10 de zebras que aconteceram ao longo dos anos

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Nesta quarta-feira começa a Copa do Brasil , caminho mais rápido para os times que querem chegar à Copa Libertadores do ano que vem. A edição de 2012 traz 64 equipes na disputa, excluíndo aqueles que estão participando do torneio continental - Corinthians , Santos , Internacional , Flamengo , Fluminense e Vasco - atual campeão da competição.

LEIA TAMBÉM:  São Paulo é o time mais valioso da edição 2012 da Copa do Brasil

Fotocom
Vasco é o atual campeão da Copa do Brasil, mas não joga em 2012 porque está na Libertadores

Nas duas primeiras fases, os clubes considerados grandes fazem duelos contra equipes de menor expressão do cenário nacional. Tanto que, nesses confontos, os jogos de ida sempre acontecem com mando do clube sem tradição e, em caso de vitória fora de casa por dois ou mais gols de diferença, a partida de volta é eliminada.

VEJA TAMBÉM: Copa do Brasil terá novamente times da Libertadores em 2013

Já nas oitavas de final (3ª fase) acontecem obrigatoriamente dois jogos entre as equipes. E é a partir dessa etapa que os grandes começam a se encontrar. Antes, porém, ainda na 2ª fase, um duelo entre times da Série A do Brasileirão pode acontecer: Atlético-GO x Ponte Preta .

De um lado da chave, nas oitavas, o Palmeiras pode enfrentar o Ceará , que caiu para Série B no último Brasileiro, e o Cruzeiro deve ter pela frente o Atlético-PR , equipe que também foi rebaixada. Se confirmarem o favoritismo, os dois times duelam nas quartas de final e podem encarar o Grêmio na semifinal.

E MAIS:  Adversário do Cruzeiro na Copa do Brasil ainda não jogou em 2012

Do outro lado do chaveamento, o São Paulo , chegando às oitavas, deve enfrentar Ponte Preta ou Atlético-GO. Nas quartas, o time do Morumbi pode duelar com o Atlético-MG , que, antes, terá que passar por América-MG ou Goiás . A semifinal, então, pode ser entre São Paulo ou Atlético-MG contra Botafogo ou Coritiba , que vão se chocar nas quartas, caso não aconteçam surpresas diante de equipes menores.

É claro que esses prognósticos levam em consideração o fato de que os clubes de maior tradição do futebol brasileiro e que estão na primeira divisão nacional possam e devam confirmar suas condições de favoritos. Entretanto, a Copa do Brasil é um torneio democrático, de mata-mata e que está aberto a surpresas. Historicamente, algumas "zebras" aconteceram ao longo dos anos.

Na atual edição, os times grandes já projetam duelos difíceis logo na primeira fase. É o caso do meia Cícero, do São Paulo, que encara o Independente, do Pará. "Quando você pega um time que você conhece mais, fica mais atento. Um time desconhecido pode nos pegar de surpresa", avisou o camisa 16 tricolor.

No Grêmio, o técnico Vanderlei Luxemburgo não quer nem saber de salto alto e pede respeito com o River Plate, do Sergipe, rival da estreia. E motivo para isso o comandante tem de sobra, como ele mesmo relembrou. "Copa do Brasil não é competição que pode desvalorizar, subestimar. Real Madrid já caiu para time da quarta divisão, eu já cai para o Asa de Arapiraca", disse Luxemburgo, falando sobre a eliminação do Palmeiras em 2002, dentro do Palestra Itália.

Confira abaixo o Top 10 de zebras que o iG montou. Você lembra de alguma outra surpresa na Copa do Brasil?  Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Felipão comandou o Criciúma no surpreendente título na Copa do Brasil de 1991
Criciúma campeão: Até chegar na decisão no torneio de 1991, os catarinenses tiveram um caminho teoricamente mais tranquilo. De tradicional, pegaram apenas o Atlético-MG nas oitavas e avançaram. Na final, duelo difícil contra o Grêmio e dois empates - 0 a 0 e 1 a 1 - que garantiram o surpreendente título ao Criciúma, que era comandado por Luiz Felipe Scolari.

Juventude campeão: Hoje na Série C do Brasileirão, o time gaúcho frequentou bastante a Série A e, inclusive, já ganhou a Copa do Brasil. Em 1999, superou o Botafogo na decisão e foi campeão. Antes, já havia eliminado Corinthians, Fluminense e Internacional, mostrando que não tinha chegado à final sem méritos.

Santo André campeão: O time do ABC paulista fez uma campanha surpreendente em 2004 e ficou com o título batendo o Flamengo na grande final. Antes, já havia eliminado Palmeiras e Atlético-MG em fases anteriores. A equipe do interior de São Paulo, inclusive, fez a semifinal contra o XV de Novembro-RS, que passou pelo Vasco no torneio.

Paulista campeão: Seguindo o exemplo do Santo André, o time de Jundiaí também surpreendeu e faturou a taça no ano seguinte, em 2005. Na decisão, triunfo sobre o favorito Fluminense. Nas fases anteriores, o Paulista já havia passado por ninguém menos que os tradicionais Cruzeiro, Internacional e Botafogo.

Gazeta Press
Brasiliense chegou à final em 2002
Brasiliense de 2002: O técnico Péricles Chamusca quase levou o time do Distrito Federal ao título do torneio nacional, mas a equipe foi derrotada na final diante do Corinthians - derrota em São Paulo e empate em casa. Mas o feito de ter eliminado Atlético-MG e Fluminense na semifinal e quartas de final, respectivamente, já está gravado na história.

ASA de Arapiraca: Uma das maiores zebras da Copa do Brasil aconteceu no Palestra Itália, em 2002. O Palmeiras havia perdido em Alagoas por 1 a 0 no jogo de ida e precisava vencer o ASA em casa, na volta. Até venceu, mas o placar de 2 a 1 foi insuficiente para que o alviverde, na época comandado por Vanderlei Luxemburgo, ficasse com a vaga. Caiu na primeira fase por ter levado um gol em seus domínios.

CSA na Vila Belmiro: Em 2010, o Santos empatou com o time de Alagoas na casa do adversário, 0 a 0, e precisava vencer em casa para avançar. O técnico Vagner Mancini decidiu poupar alguns titulares no jogo de volta diante do ASA e o menosprezo foi castigado com uma surpreendente derrota de 1 a 0 e eliminação precoce no torneio.

Arquivo
Em 94, o Ceará passou por Inter e Palmeiras, mas perdeu do Grêmio na grande final
Ceará de 1994: Comandado pelo veterano meio-campista Elói e pelo atacante Sergio Alves, o Ceará chegou à final da Copa do Brasil contra o Grêmio, mas foi derrotado numa contestada decisão em Porto Alegre: 1 a 0 - em Fortaleza, empate sem gols. A bela campanha do time nordestino ficou marcada por ter eliminado Palmeiras e Internacional nas etapas anteriores.

Vexame em São Januário: Depois empatar com o Baraúnas por 2 a 2 fora de casa, o Vasco podia até empatar diante da sua torcida para avançar às quartas de final em 2005. Mesmo usando o time considerado titular - com o "baixinho" Romário no ataque e tudo mais -, a equipe carioca levou uma surra de 3 a 0 dos potiguares, com direito a gol do veterano atacante Cícero Ramalho, que na época estava com 40 anos de idade e bem fora do peso ideal.

Flu cai na 1ª fase: O time carioca não conseguiu nem passar do primeiro rival em 1994. Naquele ano, o Fluminense empatou em casa com o Linhares (2 a 2) e voltou a empatar com o adversário no Espírito Santo, (1 a 1), dando adeus ao torneio. O Linhares, inclusive, que conseguiu chegar à semifinal dessa edição, mas foi derrotado pelo Ceará.

Veja a programação de jogos da primeira fase da Copa do Brasil 2012 :

Quarta-feira, dia 7 de março
16h00 Boavista-RJ x América-MG 
19h30 Gama_DF x Ceará-CE
20h30 Luverdense-MT x Paraná Clube-PR
20h30 Sampaio Correa-MA x Atlético-PR
20h30 Real-RR x Remo-PA
20h30 Aquidauanense-MS x Bahia de Feira-BA
20h30 Trem-AP x ABC-RN
20h30 Real Noroeste-ES x Ipatinga-MG
20h30 Espigão-RO x Paysandu-PA
20h30 Gurupi-TO x Atlético-GO
20h30 Operário-PR x Juventude-RS
20h30 Brasiliense-DF x Guarani-SP 
20h30 Horizonte-CE x América-RN 
22h00 Rio Branco-AC x Cruzeiro-MG 
22h00 River Plate-SE x Grêmio-RS 
22h00 Independente-PA x São Paulo-SP 
22h00 Auto Esporte-PB x Bahia-BA
22h00 Comercial-PI x Fortaleza-CE
22h00 Penarol-AM x Santa Cruz-PE

Quinta-feira, dia 8 de março
19h30 Paulista-SP  x Goiás-SP
20h30 São Domingos-SE x Vitória-BA
21h50 Cuiabá-MT x Portuguesa-SP

Quarta-feira, 14 de março
16h00 Madureira-RJ  x Criciúma-SC
19h30 Sapucaiense-RS x Ponte Preta-SP 
20h30 Santa Quitéria-MA  x ASA-AL
20h30 São Mateus-ES  x Chapecoense-SC
22h00 CENE-MS x Atlético-MG
22h00 4 de Julho-PI  x Sport-PE
22h00 Treze-PB x Botafogo-RJ
22h00 Coruripe-AL x Palmeiras-SP
22h00 Nacional-AM x Coritiba-PR

Quinta-feira, 15 de março
22h00 Santa Cruz-RN x Náutico-PE

Leia tudo sobre: Copa do Brasil 2012São PauloPalmeirasGrêmioCruzeiroAtlético-MGBotafogoSportNáuticoBahiaAtlético-PR

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG