Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Copa de 2014 terá tecnologia para evitar 'gols fantasma', diz Blatter

Presidente da Fifa confirma que arbitragem contará com recurso eletrônico para saber se a bola cruzou ou não a linha

Gazeta |

A dúvida sobre a bola ter cruzado a linha do gol ou não, presente em uma série de momentos do futebol, inclusive em finais de Copa do Mundo, como na de 1966, entre Alemanha e Inglaterra, não deve mais existir a partir do Mundial de 2014, no Brasil. Pelo menos é o que projeta o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

Leia também: Presidente do COI anuncia fim das investigações a João Havelange

Em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo, que será publicada nesta terça-feira, ele disse que na disputa em território canarinho já existirá a tecnologia necessária para evitar lances como o de Lampard, em 2010, que marcou um gol contra a Alemanha, mas não teve o tento validado pois o juiz não viu a bola quicar dentro da meta.

"A intenção é evitar gols 'fantasmas". E o Brasil terá essa tecnologia em 2014", afirmou o dirigente. Apesar de não revelar como serão os dispositivos para evitar esse transtorno, Blatter elogiou alguns mecanismos já desenvolvidos pela entidade.

"Nós temos dois bons sistemas que têm correspondido às nossas necessidades. Eles podem ser considerados confiáveis e de fácil utilização", concluiu.

Getty Images
Novo recurso impedirá que gols como o de Lampard, na Copa-2010, sejam anulados incorretamente

Leia tudo sobre: futebol mundialcopa 2014fifaalemanhainglaterrajoseph blatter

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG