Colombiano não tem jogado por causa da concorrência de Ricardinho, Carlos Alberto e Lulinha

O meio-campista colombiano Tressor Moreno, contratado em fevereiro para ser solução do Bahia no setor, foi liberado pela diretoria e acertou com o Santiago Wanderers, clube da capital chilena.

Mesmo querido pelo técnico René Simões, o jogador não suportou a concorrência de Ricardinho, Carlos Alberto e Lulinha, que chegaram depois dele, e acabou perdendo espaço dentro do elenco baiano.

O jogador tem 32 anos e é figura constante nas convocações da seleção colombiana, tendo disputado três eliminatórias de Copas do Mundos, além de edições da Copa América.

Com cinco disputas de Copa Libertadores no currículo, Tressor Moreno foi revelado pelo Alianza Lima, do Peru, e ainda acumula passagens por clubes como Metz-FRA, Once Caldas-COL, San Luis-MEX e Independiente de Medellín-COL antes de chegar ao Bahia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.