Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contratação de gerente de futebol não é mais prioridade no Flu

Vice de futebol, Sandro Lima disse que chegada do novo profissional pode ficar para o início de 2012

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Quando assumiu a vice-presidência de futebol do Fluminense, no dia 10 de maio, Sandro Lima afirmou durante sua apresentação que a contratação de um gerente de futebol era uma das prioridades da nova diretoria. Candidatos não faltaram. De Felipe Ximenes a Newton Drummont, que acaba de deixar o Internacional, nomes como os de Rodrigo Caetano, Alexandre Faria, Jamelli e Paulo Bhering surgiram como opções, mas nenhum deles vingou. Com a chegada de Abel Braga, a paz e a tranqüilidade voltaram a reinar nas Laranjeiras e o que era parecia uma necessidade emergencial ficou em segundo plano.

“Depois que eu assumi e com a chegada do Abel as coisas se acalmaram e a contratação do gerente de futebol deixou de ser prioridade. Até porque o elenco está praticamente fechado”, afirmou Sandro Lima, quinta-feira, por telefone, acabando de vez com os rumores de Rodrigo Caetano tenha acertado com o clube das Laranjeiras há duas semanas.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Embora não confirme, o vice-presidente de futebol deu a entender ainda que a chegada de um profissional para fazer a ponte entre ele e o elenco pode ficar somente para o início da temporada de 2012.

“Não tem nada certo, mas pode ser. Temos que nos planejar com calma e não podemos ter pressa para escolher a pessoa certa e mais qualificada”, explicou.

Sobre contratações, Sandro Lima foi direto e disse que se o Fluminense se reforçar será com um ou, no máximo, dois jogadores. O dirigente afirmou ainda que o clube não deverá contratar um novo zagueiro, o que parecia uma necessidade após a saída de Andre Luis e a contusão de Leandro Euzébio, fora da equipe por tempo indeterminado com uma inflamação no joelho direito.

“Conversei com o Abel e achamos que no momento não precisamos de mais um zagueiro. Ele elogiou muito os juniores Elivélton e Luis Gustavo, que estão treinando entre os profissionais, e a tendência é que não venha mais ninguém. Estamos analisando alguns nomes em outras posições, mas o mercado não tem tantas opções”, afirmou.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

Aém de Leandro Euzébio, Elivélton e Luis Gustavo, o Fluminense conta com Gum e Digão para a zaga, além do volante Edinho que já jogou improvisado nessa posição.
 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011FluminenseSandro Lima

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG