Diretor de futebol, Alfredo Ibiapina, volta nesta sexta-feira para Curitiba e não sabe se trará o atacante

A contratação do atacante uruguaio Santiago García, mais conhecido como “El Morro” pode emperrar. O diretor de futebol do Atlético-PR , Alfredo Ibiapina, está em Montevideo, no Uruguai, mas ainda não conseguiu fechar a negociação para trazer o jogador.

A ideia inicial era pagar US$ 2 milhões por 50% dos direitos econômicos do atleta do Nacional, mas a proposta teria sido negada e o clube paranaense teria que desembolsar R$ 8 milhões por 100% dos direitos de García.

Segundo Ibiapina, além do alto valor, o procurador do atleta estaria fazendo inúmeras exigências, dificultando a negociação.

O diretor de futebol atleticano volta para Curitiba nesta sexta-feira e está aguardando uma reunião entre a diretoria do Nacional e o procurador de “El Morro” para saber se poderá fechar o contrato.

Além de García, o Atlético busca o meia Martinuccio, do Peñarol, e o atacante Mota, que está no futebol sul-coreano. No entanto, as duas negociações estariam difíceis de serem concretizadas pela concorrência de outros clubes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.