Defensor só disputou uma partida no Brasileirão por conta de convocações e lesões musculares

No início da temporada, a contratação do zagueiro Mauricio Victorino foi tida pela diretoria do Cruzeiro como uma das principais para as disputas de 2011. O jogador havia acabado de disputar a Copa do Mundo da África do Sul com a seleção uruguaia no ano anterior e havia feito bela temporada com o Universidad do Chile, chegando à semifinal da Libertadores. Todavia, depois de chegar ao Cruzeiro, o jogador não vem dando o retorno esperado pela torcida, já que vê-lo em campo se tornou fato raro por conta das convocações e lesões.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O Cruzeiro já disputou 43 jogos oficiais na temporada e o uruguaio só participou de 15 partidas, sem marcar nenhum gol. Sua estreia foi na goleada por 5 a 0 sobre o Estudiantes, da Argentina, na Libertadores. No Campeonato Brasileiro, Victorino foi visto em ação em apenas um jogo: a derrota para o Fluminense, na terceira rodada.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e convide os seus amigos

Enrolado na bandeira uruguaia, Mauricio Victorino exibe troféu da Copa América aos torcedores
AP
Enrolado na bandeira uruguaia, Mauricio Victorino exibe troféu da Copa América aos torcedores

Para se ter uma ideia, o técnico Joel Santana , há mais de dois meses no cargo, ainda não pôde escalar o jogador. “O Victorino até agora eu só fui apresentado a ele. Estou esperando ele colaborar com a gente”, disse o treinador cruzeirense depois de usar uma defesa cheia de reservas contra o Figueirense . O defensor está com uma lesão muscular na coxa esquerda que sofreu ainda com a seleção uruguaia durante a Copa América.

Enrolado na bandeira uruguaia, Mauricio Victorino exibe troféu da Copa América aos torcedores
AP
Enrolado na bandeira uruguaia, Mauricio Victorino exibe troféu da Copa América aos torcedores
O técnico cruzeirense já foi perguntado se utilizaria Victorino e parece estar cansado de dar explicações. “Isso é mais caso de nosso departamento médico e departamento físico do que propriamente do Joel Santana, aquele que coloca a equipe em campo. O dia que ele (Victorino) estiver bem, estiver legal, correspondendo às nossas expectativas, é claro que vamos colocá-lo em campo”, explicou Joel.

Victorino chegou ao Cruzeiro por dois milhões de dólares e esteve mais presente durante o Campeonato Mineiro e Copa Libertadores no primeiro semestre. Mas as seguidas convocações para a seleção uruguaia (amistosos e Copa América) e as lesões musculares dificultaram a vida do jogador no Brasileirão.

O zagueiro é capa da última Revista do Cruzeiro. Na reportagem, fala sobre sua adaptação ao time e afirma que espera ter uma passagem vitoriosa por Minas Gerais.“Fui recebido por todos da equipe e da torcida da melhor maneira possível. Espero poder ficar muitos anos no clube e atingir títulos de expressão, como os que consegui com o Uruguai”, disse o zagueiro na reportagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.