Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra 'sobrevivente' paulista, Flamengo busca vaga na decisão

Desportivo Brasil é o único paulista vivo na competição e eliminou Corinthians e Pão de Açúcar para chegar às semi

Gazeta |

A campanha do Flamengo na fase mata-mata da Copa São Paulo de Futebol Júnior tem demonstrado que a equipe tem grandes chances de repetir o feito de 1990, quando conquistou pela única vez a competição. Depois de eliminar Cruzeiro, São Paulo e Coritiba, o Flamengo terá como adversário um clube bem menos tradicional nas semifinais. Na partida deste sábado, às 15 horas (de Brasília), no Estádio Nicolau Alayon, o time carioca irá enfrentar o Desportivo Brasil, único paulista ainda na disputa, que foi formado em 2005 pelo grupo de empresários da Traffic.

Depois de ficar em segundo lugar no Grupo K na primeira fase, atrás do Mogi Mirim, o Flamengo se classificou para a segunda fase apenas pelo índice técnico. Após esse susto inicial, o clube carioca derrubou os campeões das competições mais importantes das categorias de base do País: o Cruzeiro, atual campeão brasileiro sub-20; o São Paulo, atual vencedor da Copa São Paulo; e o Coritiba, campeão da Taça Belo Horizonte.

Após golear o Coritiba por 6 a 2 na última quinta-feira, com três gols de Lucas e dois de Adryan, o time carioca surge como principal favorito para a conquista. Além dos dois jogadores que se destacaram no último jogo, o Flamengo também conta com o talento de Guilherme Negueba, que já atuou pela equipe principal do clube em 2010, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo.

Pelo lado do Desportivo Brasil, a campanha até aqui é de 100% de aproveitamento. No mata-mata, o maior feito do clube foi eliminar o Corinthians na segunda fase, após uma vitória por 1 a 0. Em seguida, o clube de Porto Feliz passou por Ponte Preta (vitória por 2 a 1) e PAEC (goleada por 4 a 1).

Com um ataque rápido, comandado por Guilherme Dellatorre, artilheiro da Copinha com sete gols, o Desportivo já balançou as redes 19 vezes em seis jogos, uma média de mais de três tentos por partida. Já a defesa da equipe, mais vulnerável, já sofreu cinco gols dos adversários, mas nunca foi vazada mais de uma vez em uma única partida.


América-MG e Bahia brigam pela outra vaga
 
No outro duelo que vale vaga na decisão da Copa São Paulo, Bahia e América-MG jogam às 17 horas (de Brasília), no Estádio Prof. Luiz Augusto de Oliveira, em São Carlos. Fazendo a sua melhor campanha na história da competição, o Esquadrão de Aço passou pelo Santos na última quinta-feira com uma vitória por 2 a 1, que só foi decidida no último jogo da partida, após gol marcado pelo atacante Rafael.

O América, que já venceu a Copa São Paulo em 1996, eliminou dois favoritos ao título nas oitavas e nas quartas de finais, quando bateu Fluminense e Internacional, respectivamente. No jogo contra os gaúchos, o principal destaque foi o goleiro Mateus, que defendeu duas cobranças de pênaltis e deixou vivo o sonho do bicampeonato.

Leia tudo sobre: bahiaamérica-mgflamengodesportivo brasilcopa sp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG