Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra queda na tabela, Felipão avisa elenco: "O Carnaval acabou"

Treinador quer evitar que time continue caindo na tabela do Paulistão e pede fim da folia para seus jogadores

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Para evitar uma queda ainda maior do Palmeiras na tabela, Luiz Felipe Scolari reuniu o grupo nesta terça-feira de Carnaval e conversou por cerca de dez minutos para passar um recado: as festas já acabaram.

O treinador já vê seu time empatar por três partidas consecutivas e cair da 1ª para a 5ª colocação do Estadual. Até por isso, a vitória contra o Noroeste fora de casa vira artigo de primeira necessidade neste momento.

“Foi uma conversa que acabou o Carnaval e que precisamos colocar a cabeça no jogo e nos treinos. Vai ser bastante difícil, pois o Noroeste é um time bom em casa. Se quisermos a vitória, precisamos muito mostrar vontade, não vai ser fácil”, disse Marcos Assunção.

O volante também aproveitou a coletiva de imprensa para negar uma possível crise com a queda na tabela. Para ele, o equilíbrio no Paulistão faz com que qualquer deslize seja o suficiente para uma queda como a que aconteceu nas últimas rodadas.

Sem crise e sem clima pesado, o batedor de faltas ressaltou que a conversa de Felipão foi apenas um alerta e não chegou a ser uma bronca.

“Não foi bronca, foi conversa. Foi uma conversa para nos alertar e que agora é trabalho. Voltamos tudo de novo. O fim de semana passou, a folia acabou. Agora é treinar e amanhã é guerra, é uma batalha. Festa é boa, o Carnaval é bom enquanto dura. Para nós já acabou. Para as pessoas que estão aqui ainda temos que pegar sério”, finalizou.

Com 22 pontos, o Palmeiras tem o mesmo número de São Paulo e Santos e já foi ultrapassado por Corinthians e Mirassol. O adversário do jogo das 19h30 desta quarta-feira é o Noroeste, que ocupa a modesta 16ª colocação do Paulistão.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG