Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra o Santa Cruz, Internacional começa a era do futebol alegre

Falcão estreia neste sábado. Novo treinador mostra confiança em fazer um bom trabalho no clube do coração

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Será daqueles jogos para ficar na história. Neste sábado, 16 de abril de 2011, às 18h30, no Beira-Rio, Paulo Roberto Falcão reestreia como técnico do Internacional. Sua primeira passagem, em 1993, não foi lá essas coisas, mas em 2011 ele espera uma história diferente. Mais preparado, o novo treinador deu o recado na sua apresentação:

“Tenho a convicção que as coisas vão acontecer, pois confio na dedicação deles. Temos que buscar resultado e ser feliz. Não temos porque não ganhar tudo que se joga. Temos que ter este objetivo e ter a certeza que é possível. É difícil, mas não impossível”, disse Falcão.

O novo treinador quer um time que dê alegria aos torcedores. A inspiração não pode ser melhor: Falcão admira o estilo de jogo do Barcelona e de Lionel Messi. O Inter do novo treinador quer ser mais ofensivo, agressivo, e valorizar mais a posse de bola.

Foram apenas 4 dias de trabalho, mas já foram feitas mudanças significativas. O esquema tático 4-2-3-1 foi deixado de lado. O 4-4-2, com duas linhas de quatro jogadores bem definidas, foi adotado. D´Alessandro ganha liberdade e vira um terceiro atacante, pelo lado esquerdo, quando o Inter parte pro ataque. O zagueiro Índio foi barrado, perdeu a vaga para Rodrigo. Rafael Sobis volta a jogar onde sabe: no ataque, ao lado de Leandro Damião. O garoto Oscar acaba ficando de fora da festa. Com dor no tornozelo direito, ele não treinou durante toda a semana. Chance para Andrezinho. Um desfalque de última hora será o goleiro Lauro. Ele teve o diagnóstico de uma lesão muscular na coxa esquerda. Também não terá condições de estar em campo na terça-feira, contra o Emelec, pela Libertadores.

Falcão encarará duas decisões em quatro dias. A partida deste sábado vale vaga nas semifinais do segundo turno estadual. Terça-feira já tem o Emelec, no Beira-Rio, pela Libertadores. Bastará um empate para seguir na competição sul-americana.

Santa Cruz quer estragar a festa:

O Santa Cruz quer aproveitar o momento de alegria do Inter e estragar a festa na capital. O adversário mostrou força na última rodada da fase de grupos ao empatar com o Grêmio. Porém, desta vez, terá que aprontar em Porto Alegre.

A chuva forte atrapalhou os trabalhos do técnico Edson Porto. Na quinta-feira, no dia de encaminhar a escalação, os jogadores tiveram que treinar em um gramado sintético. O lateral-esquerdo Cristiano, machucado, será desfalque. O volante Xipote está suspenso.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X SANTA CRUZ

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 16 de abril de 2011, sexta-feira
Horário: 18 horas e 30 minutos (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Costa
Auxiliares: Altemir Hausmann e José Javel

INTERNACIONAL: Renan; Nei, Bolívar, Rodrigo e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho e D´Alessandro; Rafael Sobis e Leandro Damião.
Técnico: Falcão.

SANTA CRUZ: César; Anelka, Rodrigo Rizzo e Luís Henrique; Régis, Uilian, Alejandro, Maico Gaúcho e Vinícius; Juari e Leonardo.
Técnico: Edson Porto.
 

Leia tudo sobre: InternacionalFalcãocampeonato gaúcho 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG