Entre os melhores da Série B, clube busca se recuperar da derrota sofrida pelo Náutico, na rodada passada

Dentro do grupo dos quatro melhores desta Série B, o Americana busca se recuperar da derrota sofrida pelo Náutico, na rodada passada. Para isso, a equipe aposta no retorno de Dodô, nesta terça-feira, quando enfrenta o Goiás , às 21h (de Brasília), no estádio Décio Vitta, em Americana (SP).

O experiente atacante, que tinha sofrido uma pancada no joelho esquerdo, foi poupado do último jogo, contra o Náutico, para não ter a lesão agravada, e deve estar em campo nesta terça. Dodô deverá assumir a vaga de Reinaldo.

Contra o esmeraldino, a equipe do interior paulista não poderá contar com Thiago Gomes e Léo Silva, que foram expulsos na derrota frente ao Timbu. Em seus lugares, o técnico Toninho Cecílio deve colocar Henrique e Júlio Cesar, respectivamente.

Atuando como mandante, o Americana está invicto: cinco vitórias e um empate. Para o goleiro Jaílson, o time terá um jogo complicado, mas precisa seguir aproveitando o mando de campo para se manter entre os líderes da Série B.

No Goiás, a equipe está mais tranquila após a goleada sobre o Vitória, em casa, por 4 a 1. Embora ainda distante dos quatro melhores - o esmeraldino está na 14ª colocação, com 12 pontos, oito atrás do próprio Americana, último time no G4 -, o triunfo nas estreias do técnico Márcio Goiano, dos volantes Marcinho Guerreiro e Alan Bahia, e do atacante Iarley demonstrou que a equipe pode melhorar na Segundona.

Nesta terça-feira, a equipe contará com o retorno do meia-atacante Felipe Amorim, que está recuperado de uma entorse no tornozelo. O jogador, porém, deverá ser opção para o decorrer da partida.

FICHA TÉCNICA - AMERICANA x GOIÁS

Local: Estádio Décio Vitta, em Americana (SP)
Data: 19 de julho de 2011, terça-feira
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso (AM)
Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Luís Rodrigues da Costa (ambos do AM)

AMERICANA: Jailson; Paulo Sérgio, Jorge Luiz, Henrique e Magal; Júlio César, Alê, Marcinho e Fumagalli; Dodô e André Luiz
Técnico: Toninho Cecílio

GOIÁS: Harlei; Douglas, Rafael Tolói, Ernando e Marcão; Marcinho Guerreiro, Alan Bahia, Carlos Alberto e Diniz; Iarley e Guto
Técnico: Márcio Goiano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.