Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra o Coritiba, Palmeiras sofre o mesmo que em três clássicos

São Paulo, Corinthians e Santos deram, juntos, dez chutes a gol no Paulistão; time do Paraná deu oito

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Primeiro, até o início do mês, um time forte, crescendo na hora certa e candidato a títulos do Paulistão e da Copa do Brasil. Cinco dias se passaram, uma goleada por 6 a 0 aconteceu e todo panorama mudou para uma equipe fraca, que precisa de reforços e dispensas urgentes e que poderia até trocar de técnico. Mas qual é o verdadeiro Palmeiras, afinal? O que jogou até o dia 1º de maio ou o que atuou quatro dias depois?

O iG analisou as estatísticas do Footstats, que também estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad, e viu que, em um jogo, o Coritiba conseguiu obter, por exemplo, quase o mesmo número de finalizações certas se somadas as que o Palmeiras sofreu nos últimos três jogos contra o Corinthians, Santos e São Paulo.

Nos três jogos do Paulistão, os três principais rivais palmeirenses conseguiram dar 10 chutes certos ao gol. Só o time do Paraná, em 90 minutos, conseguiu dar oito. Sem contar que os seis gols sofridos significam mais do que a metade dos 11 que o time havia tomado até então durante o ano inteiro.

Gazeta Press
Lincoln tenta um dos poucos chutes do Palmeiras contra o Coritiba. Time paulista foi dominado
O Palmeiras também não ofereceu nenhum risco a Edson Bastos, goleiro do Coritiba. Foram dez chutes errados e nenhum certo. Contra o Corinthians, na semifinal, por exemplo, o time de Felipão finalizou sete vezes de forma certa e oito “tortas”.

A falta de vontade dos jogadores palmeirenses que ficou evidente no lance dos últimos dois gols na goleada também foi comprovada na estatística. Conhecida como a melhor defesa do país até então, o time desarmou apenas 16 vezes. Diante do arquirrival, o número foi exatamente o dobro: 32. Contra o São Paulo, foram dez a mais, com 26 roubadas de bola.

Certo é que o Palmeiras enfrentou cinco adversários de Série A em 2011. Foram dois empates, ambos por 1 a 1 com São Paulo no 1º turno do Paulista e com Corinthians na semifinal, uma derrota, contra o Corinthians no 1º turno do Paulista, e uma vitória, diante do Santos na etapa inicial do Estadual.

Leia tudo sobre: palmeirascopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG