Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra o Ceará, Botafogo tenta última cartada pelo título

Equipe carioca está seis pontos atrás do líder Fluminense, mas jogadores seguem acreditando. Ceará já está garantido na 1ª divisão, mas perdeu apenas um jogo em casa

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861632645&_c_=MiGComponente_C

Contrariar as estatísticas matemáticas. Este é o grande objetivo do Botafogo, que visita o Ceará nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Castelão, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na 4ª colocação, com 55 pontos, o Botafogo está seis atrás do líder Fluminense, que tem 61. Sem depender das próprias forças, a equipe carioca tem apenas 1% de chance de conquistar o título nacional, segundo o matemático Tristão Garcia. Assim, para manter a esperança de repetir o feito do Campeonato Brasileiro de 1995, uma vitória contra os cearenses é obrigação.

Apesar de enfrentar um adversário que está praticamente garantido na primeira divisão, o Botafogo não deve esperar facilidade. Nas 17 partidas que realizou no estádio Castelão, o Ceará perdeu apenas uma, tendo a quarta melhor campanha como mandante. A vaga na Copa Sul-Americana também está quase garantida, por isso o Ceará promete complicar as coisas na partida desta quarta-feira.

"O Botafogo tem uma das melhores campanhas deste Brasileiro, é o time que menos perdeu e está brigando pela vaga na Libertadores. Portanto, todo o cuidado será pouco da nossa parte, pois eles querem se aproveitar dos nossos vacilos, pois precisam ganhar. Mas a nossa equipe sabe que precisa fazer os resultados dentro de casa para garantir a classificação para a Sul-Americana e por isso mesmo precisamos derrotar o Botafogo. Vamos trabalhar os 90 minutos com esse foco", disse o treinador do Ceará, Dilma Figueiras.

Para o técnico Joel Santana, uma vitória pode deixa a equipe em uma situação muito boa, já que fará dois jogos seguidos em casa. Se o título ficar distante, o treinador também destaca a briga por uma das vagas na Copa Libertadores. "Nós teremos um jogo muito complicado, mas, se ganharmos, poderemos até mesmo pensar em título, pois depois serão dois jogos em casa e teremos condições de 'secar' os nossos concorrentes. Além disso, em termos de Libertadores, uma vitória aqui em Fortaleza vai nos colocar em uma excelente posição na luta por uma das vagas", disse Joel.

Além de vencer o Ceará, torcer contra os adversários também é uma das 'obrigações' dos jogadores do Botafogo, que concordam com o técnico Joel Santana sobre a importância do confronto. "Nosso pensamento é de que, se conseguirmos uma vitória contra o Ceará, podemos voltar a brigar pelo título. Precisamos torcer para que os times que estão a nossa frente tropeçarem para, quem sabe, beliscarmos o título", disse o zagueiro Leandro Guerreiro.

Para o atacante uruguaio Loco Abreu, o Botafogo precisa entrar em campo muito determinado para sair vitorioso. "Agora é reta final e estamos com quatro decisões para disputarmos. Precisamos ganhar todos os jogos que nos restam para acabar a competição bem na tabela de classificação e, pelo menos, com a vaga na próxima Libertadores. O Botafogo tem que atuar contra o Ceará sempre em busca de uma vitória, de maneira ofensiva e sufocando o adversário, mesmo na casa dele", explicou

A dificuldade do Botafogo aumenta ainda mais pelos problemas na escalação. O lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro, o volante Somália e o zagueiro Márcio Rosário não se recuperaram das lesões musculares e desfalcam a equipe. O zagueiro Antônio Carlos e o volante Marcelo Mattos receberam o terceiro cartão amarelo na última partida e estão suspensos. Assim, a zaga deve ser formada com Danny Morais, Leandro Guerreiro e Fahel, que será recuado para o setor. No meio, Túlio Souza e Felipe Lima podem ser as opções do técnico Joel Santana.

O Ceará também terá ausências importantes. Heleno, por ter sido expulso, e João Marcos, por ter recebido o terceiro cartão amarelo, estão suspensos. Caso o esquema 4-4-2 seja mantido, os volantes Junior Cearense e Careca devem entrar na equipe. Se o treinador optar por três zagueiros, Anderson pode ganhar uma oportunidade entre os titulares.

FICHA TÉCNICA - CEARÁ x BOTAFOGO

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 10 de novembro de 2010 (Quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES)
Assistentes: Adailson Pereira (ES) e José Ricardo Linhares (ES)

CEARÁ: Michel Alves; Boiadeiro, Diego Sacoman, Fabrício e Eusébio; Michel, Careca, Junior Cearense (Reina) e Geraldo; Magno Alves e Washington
Técnico: Dimas Filgueiras

BOTAFOGO: Jéfferson; Leandro Guerreiro, Danny Morais e Fahel; Alessandro, Túlio Souza, Felipe Lima (Renato Cajá), Lucio Flavio e Edno (Marcelo Cordeiro); Jobson e Loco Abreu
Técnico: Joel Santana

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiroceará

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG