Atacante pode estrear dia 27 de abril, com festa no Morumbi, mas treinador quer contar com ele antes disso

A reestreia do atacante Luis Fabiano com a camisa do São Paulo é praticamente certa no confronto com o Goiás pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil . Resta apenas definir se ele jogará já no jogo de ida, em Goiânia, ou apenas na volta, no Morumbi . E se a diretoria pode querer explorar a oportunidade de ver o camisa 9 estrear no próprio estádio, o técnico Paulo César Carpegiani não esconde querer contar com ele o mais rápido possível.

Em relação aos aspectos físicos do jogador, o departamento médico do clube avalia que ele certamente terá condições de atuar na partida de volta, dia 27 de abril . Porém, se a evolução continuar rápida como vem sendo, ele pode ficar à disposição antes, para o jogo de ida, no dia 20. Aí, a utilização do jogador passaria a depender de conversas envolvendo desde a comissão técnica até a diretoria e o departamento de marketing do clube.

“Estamos na expectativa, dependendo do departamento médico e o preparo físico dele. O jogador não participa muito da parte tática, então isso favoreceria uma antecipação. Mas também depende do marketing, não sei a projeção da direção, se gostaria de contar rápido com ele. Vamos ver, depende dele e da direção, vamos conversar com a direção de marketing e o departamento médico para ver se tem a possibilidade de antecipar”, disse o treinador.

Apesar do próprio treinador admitir que essas conversas existirão, o departamento de marketing são-paulino afirma que não vai interferir. Os dirigentes admitem que seria interessante a estreia acontecer no Morumbi, com uma série de ações especiais para os torcedores, mas dizem que a partir do momento que o jogador estiver liberado pelos médicos, Carpegiani terá total liberdade para escalá-lo, mesmo que isso signifique uma estreia fora de casa.

Um dos motivos para querer contar com Luis Fabiano o mais rápido possível é a contusão de Fernandinho, que sofreu uma fratura na fíbula e ficará de quatro a seis semanas afastado . Sempre questionado sobre quem deixaria o time para a entrada do camisa 9, Carpegiani agora tem a resposta. “Hoje ele entraria no lugar do Fernandinho, que infelizmente vai ficar fora das finais do Paulista e de jogos importantes da Copa do Brasil”.

O treinador só não cogita duas coisas: escalar Luis Fabiano antes de ter certeza que o jogador está com 100% de condições física e levá-lo para uma partida como opção no banco de reservas, como aconteceu, por exemplo, com Ronaldo quando ele estreou pelo Corinthians em 2009.

“Se optar pelo Luis vai ser para iniciar o jogo. Não vou usar um jogador incerto ou voltando de lesão, porque posso acabar gastando substituições. Imagina se coloco o Luis e ele sente. Vamos pensar racionalmente, conversar com o pessoal e ver qual é a programação, sem querer furar isso, apesar de estar havendo a necessidade da sua reestreia”, afirmou Carpegiani.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.