Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra marketing, Carpegiani quer acelerar estreia do 'Fabuloso'

Atacante pode estrear dia 27 de abril, com festa no Morumbi, mas treinador quer contar com ele antes disso

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A reestreia do atacante Luis Fabiano com a camisa do São Paulo é praticamente certa no confronto com o Goiás pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Resta apenas definir se ele jogará já no jogo de ida, em Goiânia, ou apenas na volta, no Morumbi. E se a diretoria pode querer explorar a oportunidade de ver o camisa 9 estrear no próprio estádio, o técnico Paulo César Carpegiani não esconde querer contar com ele o mais rápido possível.

Em relação aos aspectos físicos do jogador, o departamento médico do clube avalia que ele certamente terá condições de atuar na partida de volta, dia 27 de abril. Porém, se a evolução continuar rápida como vem sendo, ele pode ficar à disposição antes, para o jogo de ida, no dia 20. Aí, a utilização do jogador passaria a depender de conversas envolvendo desde a comissão técnica até a diretoria e o departamento de marketing do clube.

“Estamos na expectativa, dependendo do departamento médico e o preparo físico dele. O jogador não participa muito da parte tática, então isso favoreceria uma antecipação. Mas também depende do marketing, não sei a projeção da direção, se gostaria de contar rápido com ele. Vamos ver, depende dele e da direção, vamos conversar com a direção de marketing e o departamento médico para ver se tem a possibilidade de antecipar”, disse o treinador.

Apesar do próprio treinador admitir que essas conversas existirão, o departamento de marketing são-paulino afirma que não vai interferir. Os dirigentes admitem que seria interessante a estreia acontecer no Morumbi, com uma série de ações especiais para os torcedores, mas dizem que a partir do momento que o jogador estiver liberado pelos médicos, Carpegiani terá total liberdade para escalá-lo, mesmo que isso signifique uma estreia fora de casa.

Um dos motivos para querer contar com Luis Fabiano o mais rápido possível é a contusão de Fernandinho, que sofreu uma fratura na fíbula e ficará de quatro a seis semanas afastado. Sempre questionado sobre quem deixaria o time para a entrada do camisa 9, Carpegiani agora tem a resposta. “Hoje ele entraria no lugar do Fernandinho, que infelizmente vai ficar fora das finais do Paulista e de jogos importantes da Copa do Brasil”.

O treinador só não cogita duas coisas: escalar Luis Fabiano antes de ter certeza que o jogador está com 100% de condições física e levá-lo para uma partida como opção no banco de reservas, como aconteceu, por exemplo, com Ronaldo quando ele estreou pelo Corinthians em 2009.

“Se optar pelo Luis vai ser para iniciar o jogo. Não vou usar um jogador incerto ou voltando de lesão, porque posso acabar gastando substituições. Imagina se coloco o Luis e ele sente. Vamos pensar racionalmente, conversar com o pessoal e ver qual é a programação, sem querer furar isso, apesar de estar havendo a necessidade da sua reestreia”, afirmou Carpegiani.

Leia tudo sobre: são paulocopa do brasil 2011carpegianiluis fabiano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG