Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra "maldição", Santos aposta em invencibilidade no Pacaembu

Time nunca perdeu no estádio municipal na Libertadores, mas foi eliminado 4 vezes como mandante no segundo jogo

Samir Carvalho, iG Santos |

O Santos tem um retrospecto contra e outro a favor na final da Copa Libertadores diante do Peñarol, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio do Pacaembu . A equipe santista nunca perdeu no estádio municipal pelo torneio continenal e aposta na invencibilidade para espantar o ‘fantasma’ das últimas eliminações.

Desde que voltou a jogar a Libertadores, em 2003, competição que à época não disputava há 19 anos, o Santos disputou cinco edições e foi eliminado quatro vezes jogando a segunda partida como mandante.

Gazeta Press
Santos disputou sete jogos no Pacaembu pela Libertadores. Foram cinco vitórias e dois empates

Em 2003, o time da Vila Belmiro perdeu a final da competição ao ser derrotado pelo Boca Juniors, da Argentina, no Morumbi. Já em 2005 e 2007, os santistas foram eliminados por Atlético Paranaense e Grêmio, respectivamente. A última eliminação como mandante aconteceu em 2008, quando o Santos foi superado pelo América, do México.

Se não bastasse, na edição de 1984, o Santos não passou da fase de grupos e foi eliminado sem vencer uma partida jogando em casa. A equipe santista perdeu para Flamengo, América de Cali e Junior Barranquilla.

Além das quedas como mandante no segundo jogo, o Santos foi eliminado pelo Once Caldas fora de casa. Após empatar por 1 a 1 na Vila Belmiro, os santistas perderam por 1 a 0 jogando em Manizales, na Colômbia, em 2004.

Em sete jogos, Santos venceu cinco e empatou dois no Pacaembu

O Santos mantém uma invencibilidade de nunca ter sido derrotado no Pacaembu jogando pela Libertadores. Em sete jogos disputados, o Santos venceu cinco: contra Universidad do Chile, Universitário, do Peru, e Peñarol, em 1965, e Deportivo Táchira, da Venezuela, e Cerro Porteño, do Paraguai, nesta temporada. Foram ainda dois empates: diante do Botafogo, em 1963, e Once Caldas, agora em 2011.

Leia tudo sobre: santospeñarolcopa libertadores 2011pacaembu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG