Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra maldição do estádio Nacional, 'La U' busca empate ante LDU

Chilenos não perdem há 34 jogos. Vitória por 1 a 0 na última quarta em Quito coloca a Universidad de Chile na vantagem

Gazeta |

Time sensação da América do Sul no segundo semestre, invicto há 34 partidas, a Universidad de Chile precisa apenas de um empate contra a LDU nesta quarta-feira, às 22h15 (de Brasília), no estádio Nacional de Santiago, para levar o título da Copa Sul-Americana. A equipe, porém, terá de lutar com um estigma que acompanha a maior arena do país.

Desde que foi construído para a Copa de 1962, o Nacional vem sendo palco de grandes decepções para os times locais e até a própria seleção.

Leia também: Sensação, 'La U' bate LDU fora de casa e está a um empate do título

Passando por frustrações como o empate sem gols do Colo Colo diante do Independiente, na final da Libertadores de 73, levando a decisão para o terceiro jogo (vitória e título argentino), até a amarga vitória por 2 a 0 da Católica sobre o São Paulo 20 anos depois, que não serviu para apagar os 5 a 1 sofridos no primeiro jogo, a arena vê lágrimas ao apito final.

No caso mais recente, muitas semelhanças com o 'Barcita'. Novamente o Colo Colo, em 2006, contava com um time jovem e extremamente habilidoso, com figuras como Matias Fernández (atualmente no Sporting), Humberto Suazo (no Monterrey), Arturo Vidal (na Juventus) e Alexis Sáchez (no Barcelona), todos atualmente titulares do selecionado nacional.

EFE
O gol de Vargas colocou 'La U' em vantagem na disputa pelo título

Para melhorar ainda mais o cenário, a mesma decisão da Sul-americana, havia empatado por 1 a 1 com o Pachuca no México, precisando de uma vitória simples para se sagrar campeão. No estádio, até Michelle Bachelet, presidente do país à época, torcia pela equipe. No final, porém, 2 a 1 de virada para os visitantes e maldição mantida.

Agora, a esperança é no talento de Vargas, Canales, Castro e Aranguiz. O quadro terá ainda o clássico com a xará Católica no domingo, pela semifinal do Apertura, mas só consegue pensar na decisão.

O técnico Jorge Sampaoli alertou para os perigos dos equatorianos, que ganharam muita força nos torneios continentais dos últimos anos. "Eles ganharam do Vélez fora de casa. Será uma partida muito dura, e espero que possamos impor um ritmo forte para sairmos vencedores. Tomara que meus jovens atletas consigam manter seu jogo diante de um time experiente como o deles", comentou.

Do outro lado, o técnico Edgardo Bauza, que poupou seus titulares no encontro com o El Nacional, no fim de semana, espera manter o bom nível dos jogos longe de casa. "Batemos o Vélez e jogamos de igual para igual com Libertad e Independiente. Agora temos de nos desdobrar para fazer uma partida ainda melhor no Chile", analisou.

FICHA TÉCNICA
LDU-EQU X UNIVERSIDAD DE CHILE

Local: Estádio Nacional, em Santiago (Chile)
Data: 14 de dezembro de 2011 (quarta-feira)
Horário: 22h15 (de Brasília)

LDU: Domínguez; Reasco, Araujo, Calderón e Ambrosi; Acosta, Hidalgo, González e Bolaños; Bieler e Barcos
Técnico: Edgardo Bauza

UNIVERSIDAD DE CHILE: Jhonny Herrera; Osvaldo González, Marco González, Rojas e Mena; Rodríguez, Díaz, Aránguiz e Castro; Vargas e Canales.
Técnico: Jorge Sampaoli

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG