Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra Inter reserva, Botafogo tenta recuperar vaga no G4

Equipe carioca luta por uma vaga na Copa Libertadores e precisa da vitória sobre o Inter, que já está pensando no Mundial

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A diferença entre os objetivos de Botafogo e Internacional, que se enfrentam neste domingo, às 17h, no estádio Engenhão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, é continental. Enquanto a equipe carioca ainda segue disputando uma vaga na Copa Libertadores de 2011, o time gaúcho, já classificado para o torneio e sem almejar nada no Brasileirão, se prepara para a disputa do Mundial Interclubes, nos Emirados Árabes Unidos, em dezembro.

Na 5ª colocação, com 56 pontos, o Botafogo terá um fator importante ao seu lado. Os jogadores comandados pelo técnico Joel Santana ainda não perderam no estádio Engenhão, no Campeonato Brasileiro. Além disso, a expectativa é de grande público, já que até a última sexta-feira, mais de 10 mil ingressos haviam sido vendidos. Empatado em número de pontos com o Atlético-PR, 4° colocado, só a vitória interessa para a equipe carioca seguir na disputa da última vaga para o torneio internacional.

Mesmo contra um Inter cheio de reservas, o técnico Joel Santana, que fará seu 150° jogo, não acredita que a partida será mais fácil que em uma situação normal. O jogo não vai ser fácil. Se pensarmos em jogo fácil, vamos ser derrotados. Vamos com o máximo de respeito possível para enfrentar uma grande equipe. Não é o time sub-23 do Inter, precisa ter qualidade para estar naquele elenco, conheço o clube e sei como ele é forte. Precisamos do resultado para sonhar com o que estamos pretendendo, disputar uma Libertadores", declarou o técnico.

O lateral-direito Alessandro destacou a importância da presença da torcida para a partida decisiva. "Temos que encarar os três últimos jogos como decisão. São dois seguidos em casa, se vencermos e houver uma combinação de resultados, podemos até definir a quarta vaga. Essa partida contra o Inter vai ser fundamental, poderemos até brigar pela terceira posição depois", explica.

A motivação dos jogadores do Internacional é mostrar serviço e garantir uma vaga no elenco que viajará para disputar o Mundial. É com esse desafio que o meia Andrezinho entrará em campo contra o Botafogo. Nosso objetivo é o Mundial, mas todos querem mostrar serviço. E é com este pensamento que o time vai entrar para o jogo contra o Botafogo, disse o meia.

O técnico do Internacional, Celso Roth, também destacou o planejamento da equipe, que deve usar a equipe titular nas duas últimas partidas do Campeonato Brasileiro. Os jogadores sabem disso. E já sabiam que esse seria o jogo para que eles pudessem ser avaliados. Isso não é de agora. É de um bom tempo. E eles sabem que aproveitaremos tanto o jogo do Vitória quanto o jogo do Prudente para colocar o time que encaminhamos para o Mundial, disse o treinador gaúcho.

O Botafogo terá reforços para enfrentar o Inter. Emprestado pelo Inter, o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro está confirmado, já que o clube carioca pagou R$ 300 mil para liberar o jogador. Somália, que também ficou de fora das duas últimas partidas, se recuperou de uma lesão na coxa e também é presença garantida. A indefinição fica no ataque. Jobson treino separado do grupo desde segunda, por faltar em um treino na semana passada e foi reintegrado nesta sexta, mas deve ficar no banco. Assim, o ataque deve ser formado por Edno e Loco Abreu.

Dos jogadores considerados titulares, apenas Rafael Sóbis será escalado neste domingo. Tinga se recuperou de uma lesão, mas deverá começar a partida no banco de reservas. A novidade será o lateral-esquerdo Massari, campeão da Copa São Paulo de Juniores em 2008 pelo Figueirense, que terá sua primeira oportunidade entre os titulares.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO x INTERNACIONAL

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de novembro de 2010, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Helbert Costa Andrade (MG) e Janette Mara Arcanjo (MG)

BOTAFOGO: Jefferson; Márcio Rosário, Leandro Guerreiro e Antônio Carlos; Alessandro, Fahel, Somália, Lucio Flavio e Marcelo Cordeiro; Edno (Jobson), Loco Abreu
Técnico: Joel Santana

INTERNACIONAL: Muriel; Daniel, Ronaldo Alves, Juan e Massari; Glaydson, Derley, Edu e Andrezinho; Sobis e Damião.
Técnico: Celso Roth

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileirointernacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG