Tamanho do texto

As duas equipes estão perto da zona de rebaixamento e jogam sem alguns dos titulares usuais

Dois times em crise que lutam por reabilitação na Série B do Campeonato Brasileiro. Paraná Clube e Goiás se encontram neste sábado, às 16h20 (de Brasília), na Vila Capanema, em busca de uma vitória que pode animar os times para a sequência da competição. Um empate deverá ter sabor de derrota para os dois lados pelo momento de queda que atravessam os clubes.

Para sua estreia no comando do Tricolor, o técnico Guilherme Macuglia já realizou a primeira modificação importante na equipe: o 3-5-2, marca da equipe paranista nas últimas temporadas, está de volta. Como Cris está machucado, Flávio Boaventura será a novidade na defesa ao lado de Brinner e Amarildo. Pelo meio, Dionísio e Douglas Packer cumprem suspensão. Com isso, Maycon Freitas, Serginho e Dinélson formam o setor. No departamento médico seguem Welington, Rone Dias, Ricardinho, Cambará e Zé Carlos.

Com a chance de emplacar uma sequência de jogos como titular, o volante Maycon Freitas acredita que se o Paraná ainda quer lutar pelo acesso, o momento da reação começa agora. "Estamos trabalhando em um objetivo só, que é voltar para o G-4. Os próximos jogos vão definir o que o time vai disputar no campeonato, por isso é muito importante vencer o Goiás", avaliou.

Assim como o adversário, a crise ronda o Goiás. Depois da derrota em casa diante do ABC a situação azedou de vez, com a equipe esmeraldina mais próxima da zona de rebaixamento do que do G-4. Para piorar a situação, o técnico Ademir Fonseca, que conversou muito com seus atletas, não contará com o goleiro Harlei e o atacante Iarley, lesionados, além de Marcinho Guerreiro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Amaral, Rafael Toloi e Wellington podem reaparecer no time.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ CLUBE x GOIÁS

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR).
Data: 17 de setembro de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho.
Assistentes: Marcio Luiz Augusto e Jose Roberto Larroyd.

PARANÁ: Luiz Carlos; Flávio Boaventura, Brinner e Amarildo; Marquinho, Maycon Freitas, Serginho, Dinelson e Lima; Jefferson Maranhão e Hernane
Técnico: Guilherme Macuglia

GOIÁS: Pedro Henrique; Douglas, Marcão, Valmir Lucas e Digão; Amaral, Alan Bahia, Carlos Alberto e Diniz; Felipe Amorim e Guto
Técnico: Ademir Fonseca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.