Treinador do Flu não acha normal a decisão da CBF e repudia o adiamento do jogo contra o Santos

Não foi só a diretoria do Fluminense que repudiou o adiamento do jogo contra o Santos , que seria realizado dia 7 de julho, para 24 de agosto, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Brasileirão, a pedido do time paulista . Nesta quarta-feira, o técnico Abel Braga também lamentou a decisão da CBF. Porém, o treinador tricolor, que longe do país há três anos, não mediu as palavras para dizer que não achou normal a mudança de data.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Não acho normal, não. Por que eles vão jogar sábado um jogo adiado e a partida que estava marcada na tabela não acontece? Não achei correto. Fiquei três anos longe daqui e achei que as coisas tinham melhorado. Mas continua a bagunça de sempre. Uns mandam e outros têm que cumprir”, criticou Abel.

Se muitos treinadores dariam tudo para ganhar de lambuja dez dias livres para treinar e preparar sua equipe num calendário tão apertado como o brasileiro, o treinador do Fluminense lamentou o período sem jogos entre a partida contra o Atlético-PR e o Flamengo , no dia 10 de julho.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

“Essa parada não foi nada boa para mim. Esse negócio de ter uma semana livre agora eu vou perder lá na frente. Agora seria bom ter uma sequência de jogos, pois o time começou a acertar e a gente já tinha feito toda a logística. Seria um pouco apertado para o jogo contra o Flamengo, mas paciência. Os jogadores vão ganhar um sábado e domingo de folga, que não tinham há tempo. Mas depois a gente compensa na segunda e na terça com treinos em dois períodos”, disse Abel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.