Por aclamação, conselheiros permitiram a assinatura de acordo para os Campeonatos Brasileiros 2012/15

undefined
A presidente flamenguista Patrícia Amorim
O Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou na noite desta segunda-feira o contrato do clube com a Globo para a transmissão dos Campeonatos Brasileiros entre 2012 e 2015.

Inicialmente, o Conselho Fiscal do clube da Gávea havia emitido parecer contrário ao acordo por não concordar com a cessão de 8% do valor recebido pelo Flamengo ao Fundo de Custeio da CBF (destinado a financiar clubes que não recebem a cota da TV).

Segundo nota oficial do Fla, no entanto, o Conselho Fiscal emitiu agora um parecer favorável ao acordo com a Globo. O contrato, então, foi aprovado por aclamação pelos conselheiros.

"Fechamos o maior valor, assim como o Corinthians, mas, pelo que temos vendido de pay-per-views nos últimos anos, acreditamos que vai ser o maior de todos os clubes. É uma grande conquista", afirmou a presidente Patrícia Amorim ao site do clube.

O iG apurou em abril que o Flamengo assinou contrato com a Globo por R$ 92 milhões anuais, quantia válida para a cessão dos direitos em sete propriedades: TV aberta, TV a cabo, pay-per-view, transmissões internacionais, telefonia móvel, internet e publicidade estática. Deste total, R$ 8 milhões teriam de ser destinados ao Fundo de Custeio da CBF.

Somente para TV aberta, o contrato com a Globo prevê R$ 30 milhões ao Flamengo. Trata-se de um valor menor do que o oferecido pela Rede TV!, vencedora da concorrência do Clube dos 13. De acordo com o ofertado pela emissora paulista, o Fla teria 7,5% dos R$ 516 milhões oferecidos, o que equivale a R$ 38,7 milhoes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.