Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Conselheiros e dirigentes do Santos compram 20% do volante Henrique

Integrantes da Teisa e do Grupo Guia adquiram porcentagem de mais um jogador do Santos

Samir Carvalho, iG Santos |

O Santos anunciou a venda de parte dos direitos de mais um jogador para a empresa Terceira Estrela Investimentos S/A (Teisa), que é formada por conselheiros do clube. Os empresários também fazem parte do grupo Guia (Gestão Unificada de Inteligência e Apoio ao Santos), que ajuda a diretoria santista na administração do clube. Desta vez, o Santos repassou por 1 milhão de euros (cerca de R$ 2,3 milhões) 20% dos direitos econômicos do volante Henrique .

Samir Carvalho
Henrique deve fazer sua estreia com a camisa do Santos no próximo domingo, diante do Ceará

Recentemente, o clube comprou 80% dos direitos econômicos do atleta, pagando ao Banco BMG 4 milhões de euros (cerca de R$ 9 milhões). Os 20% restantes permanecem ao Cruzeiro, ex-clube de Henrique.

Os investidores são integrantes do Grupo Guia, formado por cinco conselheiros do clube (com exceção de Antonio Fadiga e Luís Eduardo Lucas).

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

A compra de Henrique é semelhante a de Jonathan, onde dirigentes e conselheiros do clube obtiveram lucre certo. O atleta foi contratado do Cruzeiro no inicio do ano, jogou apenas 20 partidas e foi negociado com a Inter de Milão, da Itália, por 5 milhões de euros (aproximadamente R$ 11 milhões).

O Santos lucrou apenas 300 mil euros (R$ 662 mil) e a Teisa, 200 mil euros (R$ 441 mil) na transação de Jonathan para a Inter de Milão. O Cruzeiro ficou com a maior parte da transação, já que possuía 50% dos direitos econômicos do atleta, e embolsou 2,5 milhões de euros (R$ 5,5 milhões) na saída do jogador para o futebol italiano.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

Além de Henrique e Jonathan, a Teisa também comprou 20% do meia Elano. Os investidores pagaram R$ 1,56 milhão do jogador, que foi contratado do Galatasaray, da Turquia, no final da temporada passada. O Santos desembolsou R$ 6,6 milhões para repatriar o atleta, e ainda pagou R$ 1,2 milhão de impostos decorrentes da transação, que totalizam R$ 7,8 milhões.

Se não bastasse, a Teisa também comprou parte dos direitos econômicos do atacante Neymar e do volante Arouca, Para comprar 5% dos direitos de Neymar, a Teisa pagou R$ 3,5 milhões ao Santos, valor bem abaixo do mercado na época. Os investidores também pagaram R$ 1,7 milhão para ficar com 20% dos direitos econômicos de Arouca.


 

Leia tudo sobre: santoshenriqueteisagrupo guia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG