Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Concentrado, brasileiro campeão do "UFC japonês" dispensa Mundial

iG encontrou lutador famoso no Japão, Danilo Zanolini, campeão de Muay-Thai e que não está nem aí para o "jogo do século"

Samir Carvalho, enviado iG a Yokohama |

Samir Carvalho
Danilo Zanolini posa com torcedores do Santos fãs de luta
Para alguns japoneses existe um evento muito aguardado neste final de semana no Japão, além do Mundial de Clubes da Fifa. Isso porque, o brasileiro Danilo Zanolini colocará em jogo o cinturão pelo HEAT 20, uma espécie de UFC no Japão, que conta com duas categorias – Muay-Thai e MMA. O brasileiro atua na categoria Muay-Thai e sobe ao octógono para enfrentar Suhali, Koreano lutador do K-1 Word Max.

Leia mais: Neymar desafia Messi até em riqueza

O duelo acontecerá entre a noite deste sábado e o início da madrugada de domingo, em Tóquio. Por isso, Zanolini dispensou a possibilidade de acompanhar a final do Mundial de Clubes, entre Santos e Barcelona, da Espanha, que acontece neste domingo, em Yokohama.

“Eu fico em off na semana das lutas. Depois fico na clínica para a alimentação, desligo tudo. Eu queria muito, mas não dá, terá muitas pessoas da minha academia que devem ir”, afirmou o lutador ao iG

No Japão: Ex-Yakuza, mendigos pedem TV digital para ver Mundial

“Futebol eu jogava no Brasil, acompanhei bastante, mas depois cheguei e fiquei focado na lutas. Procuro estar acompanhado, mas meu forte está na luta”, disse.

Zanolini é desconhecido no Brasil, mas é ídolo no Japão, país que reside desde 1999. O lutador, que chegou a treinar em praças no país, hoje possui diversas academias espalhadas nas cidades japonesas. Para isso, Danilo Zanolini espera trazer mais brasileiros para o Japão.

“Eu treinava nos parques, pois não tinha academias. Depois quando apareceu vários lutadores surgiu a oportunidade de montar a academia. Comecei perdendo, pois trabalha em fábrica, mas continuei trabalhando. Não foi fácil, ir ao trabalho, treinar e cuidar da família”, comentou a dificuldade no inicio de carreira.

Samir Carvalho
Danilo em frente a cartaz onde aparece em destaque, com seu cinturão de campeão

 

 

Leia tudo sobre: santosbarcelonamundial de clubesneymarlionel messi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG