Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Conca brilha, e Fluminense afunda o Avaí fora de casa

Atacante marcou o gol da vitória, foi o melhor em campo e lembrou o craque do Brasileiro de 2010

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Com um futebol semelhante ao que levou o Fluminense ao título brasileiro no ano passado, Conca foi o grande destaque da suada vitória do time carioca sobre o Avaí, por 1 a 0, neste domingo, em Florianópolis, pela sexta rodada do Brasileirão. Além de anotar o único gol do jogo, o argentino comandou a equipe, que jogou com um a menos desde os 38 minutos do primeiro tempo, após a expulsão de Rafael Moura, e fez, de longe, sua melhor partida na temporada.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Com o resultado positivo, o primeiro sob o comando de Abel Braga após três partidas, o atual campeão brasileiro ganhou quatro posições e subiu para a sétima colocação, com nove pontos, pelo menos até a realização dos jogos das 18h30. O time tricolor volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Atlético-PR, às 21h, no Engenhão.

null

O jogo
Mal a bola rolou e o Fluminense ganhou de presente sua primeira oportunidade. Gustavo Bastos deu um chutão contra o seu próprio campo e o goleiro Aleks pegou com a mão. O árbitro Luís Flávio de Oliveira interpretou bola atrasada e marcou infração em dois toques dentro da área. Na cobrança, Rafael Moura acertou a barreira.

Aos 14 minutos, outra ótima chance de gol para o Fluminense. Souza recebeu de Edinho e tocou para Diguinho, o apoiador, que voltou ao time titular, acertou um belo chute de canhota e assustou o goleiro Aleks.

O campeão brasileiro continuava melhor e, aos 23, quase abriu o marcador. Conca fez grande jogada pela esquerda, passou como quis por Bruno e cruzou na cabeça de Marquinho, o apoiador cabeceou em cima do goleiro Aleks, que fez grande defesa.

Photocamera
Conca fez o gol da vitória do Flu sobre o Avaí
O time Catarinense pouco incomodava, mas, aos 31, reclamou de uma falta não marcada com razão. Em uma disputa de bola com Márcio Rosário, Estrada recebeu uma cotovelada do zagueiro tricolor na entrada da área, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

De tanto insistir, o Fluminense chegou ao gol. Rafael Moura fez boa jogada e tabelou com Marquinho, o apoiador cruzou para o atacante, que chegou atrasado de carrinho, mas a bola sobrou para Conca, que livre, só tirou do goleiro Aleks para abrir o placar.

Mas, aos 38, o time carioca ficou com um a menos. Numa disputa de bola com Gustavo Bastos, Rafael Moura colocou a mão na cara do zagueiro catarinense e o árbitro Luís Flávio de Oliveira interpretou com agressão, que não existiu.

Se no primeiro tempo o Avaí não assustou, na segunda etapa os donos da casa precisaram de apenas 15 segundos para obrigar Diego Cavalieri a operar um milagre e impedir o empate numa cabeçada na pequena área de William.

O lance animou o time catarinense, que seguiu pressionando. Aos três minutos, Pedro Ken cobrou escanteio, Fábio Santos cabeceou e a bola saiu à esquerda do gol de Cavalieri.

Mas o Fluminense deu a resposta em seguida. Aos sete minutos. Mariano recebeu de Diguinho e deixou Conca na cara do gol, mas o argentino chutou de direita na rede pelo lado de fora.

O jogo era lá e cá, e o Avaí deu outro susto em Diego Cavalieri quatro minutos depois. Novamente Pedro Ken cobrou escanteio com perfeição, desta vez ma cabeça de Rafael Coelho, que subiu sozinho para cabecear por cima do travessão do goleiro tricolor.

Menos com um a menos o Fluminense levava perigo nos contra-ataques. Aos 19, Mariano fez excelente jogada e cruzou para Conca, o argentino chutou forte do canto direito de Aleks, mas Welton Felipe desviou de cabeça para escanteio.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

O Fluminense ainda desperdiçou duas boas oportunidades de aumentar, com Souza e Matheus Carvalho, que substituiu Marquinho, e definir a partida. Mas como não conseguiu, foi obrigado a sofrer uma pressão enorme do Avaí nos últimos para segurar o resultado.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 0 x 1 FLUMINENSE

Local: Ressacada (Florianópolis/SC)
Data: 26 de junho de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Luís Flávio de Oliveira (FIFA)
Assistentes: Hernan Brumel Vani (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Cartão amarelo: Bruno (AVA), Marquinho (FLU), Cleverson (AVA), Pedro Ken (AVA), Mariano (AVA)
Cartão vermelho: Rafael Moura (FLU)

Gols:
FLUMINENSE: Conca, aos 37 do primeiro tempo

AVAÍ: Aleks; Daniel, Welton Felipe, Gustavo Bastos e Julinho (Fábio Santos); Acleisson (Maurício Alves), Bruno Silva (Cleverson), Estrada e Pedro Ken; William e Rafael Coelho. Técnico: Alexandre Gallo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza (Fernando Bob), Marquinho (Matheus Carvalho) e Conca (Ciro); Rafael Moura. Técnico: Abel Braga

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011FluminenseConcaAvaí

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG