Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Comparado a Dodô, Keirrison é cobrado por Adilson Batista

Treinador define o atacante Keirrison como ¿frio e tranquilo¿, e ameaça colocá-lo no banco de reservas

Samir Carvalho, iG Santos |

O técnico Adilson Batista não esconde que espera mais do atacante Keirrison em campo, principalmente na questão comportamental. Questionado se o atual camisa 9 do Santos tem semelhanças com o atacante Dodô, da Portuguesa, devido ao jeito “tranquilo” dentro de campo, o treinador concordou, e ainda ameaçou colocá-lo no banco de reservas, caso Keirrison não mude de atitude.

“Boa lembrança com relação à comparação ao Dodô”, disse o técnico Adilson Batista ao repórter em entrevista coletiva. “Você (treinador) mostra como deve ser, pede, e a tendência é melhorar. Se ele não melhorar, senta no banco e pronto, é assim que funciona”, completou o técnico.

Adilson Batista, inclusive, declarou que já tinha observado o comportamento de Keirrison desde a época de Coritiba, onde o atacante foi revelado para o futebol e teve seu melhor desempenho na carreira. Ao analisar o comportamento do jogador, Adilson o definiu como “frio e tranquilo”.

"Ele é mais frio, tranquilo. Às vezes você pede para o atleta pegar a sobra e ele cumpre o que esta sendo pedido. Eu vejo que o importante é o que acontece sem a bola, a recomposição mais rápida, já via isso quando o acompanhava no Coritiba, nas partidas no Couto Pereira. É o estilo dele", disse o treinador.

Divulgação/Fotocom.net
Dodô jogou no Santos entre 1999 e 2001
Keirrison chegou ao Santos no inicio do segundo semestre de 2010 com a incumbência de substituir André, negociado para o Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Porém, o jogador não correspondeu às expectativas, e marcou apenas cinco gols em 15 jogos com a camisa do Santos.

No entanto, a torcida santista parece estar preocupada também com o comportamento do atleta dentro de campo. Isso porque, Keirrison foi vaiado ao ser substituído no segundo tempo do jogo contra o Grêmio Prudente, no último domingo, em Presidente Prudente, onde o Santos goleou o adversário, e o atacante ainda marcou um dos gols.

A torcida santista fazia a mesma cobrança ao atacante Dodô, que jogou no Santos entre 1999 e 2001. A paciência dos torcedores com o atacante revelado pelo São Paulo terminou na semifinal do Campeonato Paulista de 2001, quando Dodô perdeu um pênalti contra o Corinthians, e reagiu sorrindo. No mesmo ano, o atleta foi negociado pela diretoria do clube.

 

 


 

Leia tudo sobre: santosdodôkeirrisonadilson batista

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG