Ex-jogador italiano, ídolo da Lazio, e maior artilheiro do clube americano, havia passado por cirurgia cardíaca

Chinaglia, camisa 9, foi companheiro de Pelé no NY Cosmos
Getty Images
Chinaglia, camisa 9, foi companheiro de Pelé no NY Cosmos
O ex-jogador Giorgio Chinaglia morreu no último domingo, na Flórida, Estados Unidos, aos 65 anos de idade. Ídolo na Lazio, o italiano havia sofrido um ataque cardíaco na última semana e precisou passar por uma cirurgia para corrigir o problema apresentado.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O falecimento do ex-atleta foi confirmado por seu próprio filho, Antony. Logo após a constatação do óbito, a Lazio também divulgou uma nota oficial, lamentando a perda de um dos seus jogadores mais ilustres. 

"Nesta manhã, ele acordou para tomar um remédio e depois disse que iria deitar. Fui verificar e ele não respirava mais", afirmou Anthony, em entrevista à agência de notícias Ansa .

Após escrever o seu nome na história da Lazio, Chinaglia teve a oportunidade de atuar ao lado de Pelé, no New York Cosmos. Além de fazer parte da equipe que contou com o brasileiro, o ex-jogador também deixou a sua marca no clube americano, ao marcar 193 em 213 jogos e se consagrar como o maior artilheiro da equipe.

Giorgio Chinaglia, à esquerda, faleceu aos 65 anos, após passar por cirurgia cardíaca
Getty Images
Giorgio Chinaglia, à esquerda, faleceu aos 65 anos, após passar por cirurgia cardíaca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.