Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Como técnico do Fla, Luxemburgo põe em jogo tabu contra o Vasco

Em cinco confrontos com o rival, ele conquistou quatro vitórias e um empate nas três passagens pelo clube

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Ex-jogador do Flamengo nos anos 1970, Vanderlei Luxemburgo foi técnico do clube pela primeira vez em 1991. Em sua terceira passagem, ele vai disputar seu sexto clássico com o Vasco comandando o time do banco de reservas, domingo, às 19h30, no Engenhão. Nunca perdeu. Venceu quatro e empatou um, justamente o último, em 2010, por 1 a 1, pelo Campeonato Brasileiro.

Torcedor declarado do Flamengo, mesmo quando comandava outros clubes brasileiros, Luxemburgo sabe o que significa um Flamengo x Vasco. Desta vez, ele vai estar por cima, com três vitórias em três jogos, enquanto o rival agoniza com três derrotas seguidas na Taça Guanabara. Nada que mude o clima na cabeça do técnico.

"O Vasco se tornou um adversário ainda mais perigoso. Eles vão entrar em campo sem ter nada a perder", avisou Luxemburgo. "É rivalidade. Não tem como diminuir o peso do clássico. Flamengo x Vasco, desde a época em que eu jogava, representa uma rivalidade grande. Nós sabemos que a vitória é importantíssima. Isso é uma coisa pessoal", emendou.

Como jogador seu retrospecto é bem pior, mas termina com certo equilíbrio. Ele venceu quatro vezes, contra cinco derrotas. Foram três empates. Luxemburgo chegou a fazer um gol na goleada por 4 a 1, no dia 27 de junho de 1976, com Zico e Cantarele, seu atual preparador de goleiros, em campo.

Consciente da importância do clássico para o clube, Luxemburgo não vês espaço para fazer inovações ou arriscar com alguma mudança tática. Tanto que o argentino Dario Bottinelli, regularizado, não vai jogar por estar fora de suas melhores condições físicas.

"Estamos sendo testados desde o início do campeonato. Não tem teste contra o Vasco. É um clássico. Temos de respeitar o Vasco, que perdeu três jogos seguidos. É importante jogar com seriedade. Clássico não tem favorito e temos de buscar a vitória", afirmou Luxemburgo.

Se o Flamengo vencer o clássico, chega aos 12 pontos, restando três rodadas. O Vasco, para continuar com chances de classificação para a semifinal da Taça Guanabara, teria de torcer contra Boavista e Resende, que somam sete pontos cada, e Nova Iguaçu, com cinco.

Clássicos como técnico
Flamengo 3 x 0 Vasco - 24/03/1991
Flamengo 2 x 0 Vasco - 30/06/1991
Flamengo 1 x 0 Vasco - 07/05/1995
Flamengo 4 x 2 Vasco - 28/05/1995
Flamengo 1 x 1 Vasco - 24/10/2010

Clássicos como jogador
Flamengo 0 x 0 Vasco - 20/08/1972
Flamengo 1 x 0 Vasco - 31/08/1972
Flamengo 1 x 0 Vasco - 21/09/1974
Flamengo 1 x 2 Vasco - 08/02/1975
Flamengo 2 x 2 Vasco - 02/03/1975
Flamengo 2 x 3 Vasco - 13/07/1975
Flamengo 4 x 1 Vasco - 27/06/1976
Flamengo 2 x 0 Vasco - 14/08/1976
Flamengo 2 x 3 Vasco - 03/12/1976
Flamengo 1 x 2 Vasco - 13/02/1977
Flamengo 0 x 3 Vasco - 24/04/1977
Flamengo 0 x 0 Vasco - 08/10/1977

 

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG