Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Comandar seleção argentina é o auge, diz novo técnico Sabella

"Nesta profissão é como chegar ao zênite", disse o treinador, campeão da América com o Estudiantes em 2009

Reuters |

Alejandro Sabella disse ter alcançado o auge de sua profissão ao ser oficialmente anunciado neste sábado como o homem que irá comandar a bicampeã Argentina na Copa do Mundo do Brasil em 2014.

Getty Images
Treinador foi campeão argentino em 2010
"A seleção é o auge, todos sonham com isso", disse Sabella em entrevista coletiva no campo de treinamento da Argentina, nas cercanias de Buenos Aires.

"Quando criança jogamos no bairro... e sonhamos em jogar na primeira divisão, na seleção, no exterior... E aí você é técnico, quer treinar na primeira divisão e sonha em conduzir a seleção."

"Nesta profissão é como chegar ao zênite", disse Sabella, ex-meio-campista cuja curta carreira como técnico do Estudiantes lhe deu a Copa Libertadores em 2009 e um título na liga nacional em dezembro passado.

Sabella, técnico-assistente de Daniel Passarella na Copa do Mundo de 1998 na França, sucede Sergio Batista, demitido após o fracasso da anfitriã Argentina nas quartas de final da Copa América no mês passado.

"Quero um time sólido na defesa, com um meio campo consistente. Quero que segure a bola e seja agressivo no ataque. Obviamente, este é o ideal do treinador. O tempo dirá se podemos consegui-lo", declarou o profissional de 56 anos.

A Argentina, dona de um dos melhores ataques do mundo incluindo Lionel Messi, foi deficiente no meio campo e na zaga na Copa América, quando buscava encerrar seu jejum de 18 anos de espera por um grande título.

O time não perdeu nenhuma das quatro partidas, mas foi eliminado nos pênaltis nas quartas de final pelo Uruguai, que se sagrou campeão. O primeiro compromisso de Sabella é uma turnê asiática de amistosos contra a Venezuela em Calcutá, na Índia, em 2 de setembro, e contra a Nigéria em Daca, Bangladesh, quatro dias depois.

 

Leia tudo sobre: futebol mundialargentinaalejandro sabella

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG