Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com zaga valorizada, Atlético-PR só aceita euros pelas revelações

Clube quer pôr zagueiros Rhodolfo e Manoel, além do volante Chico, na Europa. Por isso, disse não a São Paulo, Flamengo e Internacional

iG São Paulo |

O Atlético Paranaense despede-se do Campeonato Brasileiro 2010 com três jogadores valorizados: os zagueiros Rhodolfo, 24 anos, e Manoel, 20, e o volante Chico, 23. Em comum eles têm o fato de terem sido revelados pelo clube e de hoje estarem enfrentando o assédio de vários clubes. A ponto de a diretoria admitir que pelo menos um deles será negociado. O que está mais próximo de sair é Chico.

Na janela internacional do meio do ano, o volante recebeu proposta para atuar pelo Real Betis (Espanha), mas recusou. Era bom para o Atlético, mas era ruim pra mim financeiramente. Quero jogar na Europa, mas tem de ser uma coisa segura, diz o jogador, que domingo, diante do Avaí, tende a fazer seu jogo de despedida do clube. Nos bastidores, comenta-se que ele já está acertado com o futebol alemão.

Recentemente, observadores do Bayer Leverkusen, trazidos pelo ex-jogador Paulo Rink, vieram olhar o zagueiro Rhodolfo, mas se interessaram por Chico. Como ele tem contrato até agosto de 2011 e já revelou a intenção de não renovar, o Atlético prioriza sua negociação. Porém, o clube também gostaria de vender Rhodolfo. A ponto de já ter estipulado um valor pelo zagueiro para o mercado externo: 4 milhões de euros (cerca de R$ 10 milhões).

Até agora, quem mais se aproximou foi o Genoa, da Itália, que ofereceu 2,5 milhões de euros (mais de R$ 6 milhões). Para conseguir valorizar um pouco mais seu jogador, o Atlético fez até lobby para tentar emplacar Rhodolfo em uma convocação para a seleção brasileira, mas não conseguiu. Por isso, fontes ligadas ao zagueiro avaliam que, se vier uma proposta de 3 milhões de euros, o clube vende.

Mercado interno
O São Paulo também quis Rhodolfo, mas o Atlético já avisou que para o mercado interno não venderá nenhuma de suas revelações. O clube paulista ofereceu Wagner Diniz, que já está emprestado ao time paranaense, e mais R$ 2 milhões, além de participações em uma futura venda para o exterior.

O mesmo ocorreu com o Flamengo, que sondou Manoel. Para ambos, o Atlético disse um rotundo não. Assim como para o Internacional, que tentou emprestar Chico para a disputa do Mundial de Abu Dhabi. Nosso foco é a Europa, avisa o presidente Marcos Malucelli aos interessados.

Leia tudo sobre: atlético-prcampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG