Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com vuvuzelas e torcidas juntas, estádio começa a receber público para Brasil x Argentina

Segundo organização do amistoso, haverá lotação dos 50 mil lugares do estádio Khalifa para o confronto entre os rivais sul-americanos, às 15h (horário de Brasília). Zidane está presente

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860434841&_c_=MiGComponente_C

Após jogar com pouco público contra Ucrânia, na Inglaterra, e Irã, nos Emirados Árabes, o Brasil voltará a atuar em um estádio lotado, em Doha, no Catar. Ao menos é o que acreditam os organizadores do amistoso contra a Argentina e o que indica o movimento de torcedores ao redor do estádio Khalifa, horas antes do início da partida.

Com camisas do Brasil e da Argentina, os fãs locais chegam para o confronto desta quarta-feira. No estádio, não haverá divisão entre os torcedores. Um dos VIPs que está presente no Khalifa é o ex-meio-campista francês Zinedine Zidane, carrasco da seleção brasileira nas Copas do Mundo de 1998 e 2006.

Em frente ao estádio, assim como ocorreu na Copa do Mundo da África do Sul, vuvuzelas (cornetas que ficaram populares durante o Mundial) eram vendidas. O jogo entre Argentina e Brasil começa às 15h (horário de Brasília, 20h no horário local).

Paulo Passos
Procura por ingressos foi grande e as filas na porta do estádio logo se formaram

Paulo Passos
Produtos de Brasil e Argentina são vendidos em frente ao estádio Khalifa, em Doha

Paulo Passos
Descendente de argelinos, Zinedine Zidane foi ao Catar para acompanhar o clássico
  

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG