Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com volta de Neymar, Santos joga decisão em prol de projeto Muricy

Em busca da classificação, Santos precisa vencer o Táchira nesta quarta, no Pacaembu, pela Libertadores

Samir Carvalho, iG Santos |

O Santos enfrenta o Deportivo Táchira nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, pela última rodada do grupo 5 da Copa Libertadores da América. A partida coloca em jogo o ‘projeto Muricy’, já que a conquista da competição continental é a principal meta do treinador, que ficará na Vila Belmiro até abril de 2012.

Sendo assim, a diretoria santista vê como um desastre uma eliminação precoce na Libertadores, já que investiu alto para Muricy levar a equipe ao título. Para evitar o pior, o Santos precisa apenas vencer o Táchira por qualquer resultado que garantirá uma vaga na próxima fase da competição. A equipe santista também pode se classificar com um empate na partida, desde que o Colo-Colo vença o Cerro Porteño, em Santiago, no Chile.

Em caso de derrota, o Santos estará eliminado da Libertadores. Um empate contra os venezuelanos também é perigoso, já que os santistas teriam que torcer por um vencedor no duelo entre Colo Colo e Cerro.

Para a partida decisiva contra os venezuelanos, o técnico Muricy Ramalho contará com os rertornos de Neymar, Elano e Zé Eduardo, que cumpriram suspensão na vitória contra o Cerro Porteño por 2 a 1 na última quinta-feira, no Paraguai. Desta forma, Adriano, Keirrison e Maikon Leite voltam para o banco de reservas.

“O time ganha com a técnica que eles (Neymar, Elano e Zé Eduardo) têm. Eles são diferentes, tem improviso. O jogo contra um time fechado é importante o drible, fundamental isso. Temos que apertá-los o tempo todo. Como eles estarão fechados, o drible será fundamental”. Afirmou Muricy Ramalho.

Apesar das alterações, Muricy ressaltou que a equipe manterá contra o Táchira a mesma postura tática apresentada no Paraguai. “O Adriano é muito importante no nosso esquema, que marca e deixa os outros jogarem. Mas o Arouca sabe fazer essa função, então não muda o esquema da equipe, ficará parecido”, afirmou Muricy Ramalho.

O Deportivo Táchira já está eliminado na Libertadores, mas já provocou um tropeço do Santos nesta temporada. Na estreia das duas equipes na competição, o jogo terminou empatado sem gols. “Acompanhamos a história deles, eles querem melhorar no campeonato na Venezuela. São profissionais, jogaram bem contra o Colo Colo. Não será fácil não”, disse Muricy.

FICHA TÉCNICA - SANTOS X DEPORTIVO TÁCHIRA (VEN)

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 20/4/2011 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Auxiliares: Gustavo Esquivel e Diego Bonfa (ARG)

SANTOS: Rafael, Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Danilo, Elano e Ganso; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Muricy Ramalho.

DEPORTIVO TÁCHIRA: Sanhouse, Moreno, Zafra e Rouga; Chacón, Parra, Guerrero e Fernandéz; Hernandéz; Del Valle e Herrera. Técnico: Jorge Luis Pinto.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG