Tamanho do texto

Técnico foi o único ferido em apedrejamento de ônibus do clube gaúcho na Colômbia

Renato Gaúcho demorou sete meses para mostrar a sua marca registrada nas entrevistas coletivas no Grêmio : o uso de óculos escuros. Desde agosto do ano passado, o treinador preferiu adotar uma postura séria. Nesta sexta-feira, voltou a adotar o comportamento que marcou a sua passagem pelo Fluminense.

Renato Gaúcho usou óculos em entrevista no Grêmio
Hector Werlang
Renato Gaúcho usou óculos em entrevista no Grêmio

O motivo, porém, foi um problema de saúde. O treinador foi o único ferido no apedrejamento do ônibus gremista, em Barranquilla, após a derrota por 2 a 1 para o Junior no trajeto do Estádio Metropolitano ao aeroporto. Um caco de vidro, estilhaço das três janelas quebradas, entrou no olho direito de Renato.

“Foi uma coisa desagradável, mas não podemos culpar o clube, a torcida ou o país por causa de meia dúzia de vândalos. Agora está tudo bem”, disse o técnico.

Renato não conseguiu dormir durante as oito horas do voo até Porto Alegre. Ao chegar na cidade, consultou um oftalmologista, que retirou o vidro. O uso dos óculos foi uma recomendação médica e também disfarçou o sono. A visão não foi prejudicada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.