Remy fez o tento para a seleção europeia, enquanto Cordova definiu o empate no segundo tempo do jogo

Tendo o meia Valdívia, do Palmeiras, como titular, a seleção chilena foi até Montpellier, onde enfrentou a França e ficou no empate, por 1 a 1. Remy fez o tento para os 'bleus', enquanto Cordova definiu o empate, já na etapa final.

No primeiro tempo, a equipe sul-americana não conseguiu levar grande perigo ao gol de Lloris. Com Alexis Sánchez, contratação do Barcelona para esta temporada, no banco, o Chile dependia da armação de Valdívia para assustar.

Foi o camisa 10, inclusive, quem criou a jogada mais perigosa da equipe na primeira etapa: o meia dominou com estilo na intermediária, e chutou forte, de longa distância. A bola, porém, ganhou altura e passou sobre a meta do goleiro francês.

Assim, aos 20 minutos, os bleus chegaram ao seu gol: Benzema fez a jogada pelo lado esquerdo e cruzou para o meio da área. Remy testou firme, sem chances para Bravo, abrindo o placar na França.

Nos últimos 45 minutos, Sánchez substituiu Jimenez, e a equipe chilena passou a pressionar o time francês. Ainda assim, o time comandando por Laurent Blanc foi quem esteve mais perto de marcar o segundo gol.

Benzema, em grande jogada, limpou dois jogadores chilenos e bateu cruzado. Bravo espalmou para o lado, e Remy completou para o gol, mas o avante francês estava em posição irregular, e teve o tento anulado.

Com Sánchez incomodando a defesa francesa, o novo jogador do Barça participou da jogada que culminou no gol de empate, aos 31 minutos. O camisa 7 fez a jogada pelo lado direito da área, e rolou para trás. Cordova, que entrara no lugar de Rubio, bateu com rara felicidade, acertando o canto esquerdo alto de Lloris, e definiu o placar em Montpellier.

Veja fotos dos amistosos internacionais desta quarta-feira:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.