Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com um gol em cada tempo, Brasil bate Equador e vai às quartas

Seleção sub 17 venceu por 2 a 0 e agora aguarda o vencedor do duelo entre Japão e Nova Zelândia

Gazeta |

EFE
Ademilson voltou a marcar pelo Brasil
Em partida bastante disputada, o Brasil sub-17 levou a melhor e fez 2 a 0 sobre o Equador, no Estádio Omnilife, em Guadalajara. Os gols foram anotados por Ademilson, aos 16 minutos do primeiro tempo, e Léo, de cabeça, já aos 41 da etapa final.

Com o resultado, a seleção brasileira avançou para as quartas de final do Mundial sub 17 e acabou com o sonho do título inédito dos equatorianos. O próximo adversário será o vencedor do duelo entre Japão e Nova Zelândia, marcado para as 20 horas (de Brasília) desta quarta-feira. Para a partida, o técnico Emerson Ávila não poderá contar com Lucas Piazon, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O jogo
Apesar da maior posse de bola dos brasileiros, a primeira etapa foi bastante equilibrada. O Brasil, mais incisivo no início, conseguiu abrir o placar aos 16 minutos. Adryan tocou de calcanhar para Wallace, que tocou para Ademilson. O atacante chutou de primeira, no canto direito de Cuero, que não conseguiu evitar o gol.

À frente no marcados, os brasileiros seguiram controlando a partida, mas tinham dificuldades para furar o bloqueio dos equatorianos. O trio Adryan, Lucas Piazon e Ademilson estava inspirado e os jogadores protagonizaram as principais jogadas da seleção canarinho. No entanto, a finalização foi falha.

Em um erro na saída de bola do Brasil, Cevallos foi acionado na entrada da área, limpou o zagueiro e chutou rasteiro, no canto direito de Charles, que se esticou todo e conseguiu espalmar para a linha de fundo.

O segundo tempo começou movimentado, com uma linda jogada de Ademilson logo aos três minutos. O atacante recebeu de Misael na ponta direita, passou por dois marcadores, invadiu a área e chutou rasteiro. O goleiro Cuero furou, mas a bola bateu na trave.

O Equador respondeu aos 15 minutos. Após lançamento de Valencia, Mercado tocou na saída de Charles, que conseguiu fazer grande defesa. No rebote, Ramirez chutou para o gol vazio, mas Marquinhos apareceu para salvar em cima da linha.

O Brasil quase ampliou aos 25 minutos, quando Emerson tabelou com Ademilson e chutou cruzado. No reflexo, o goleiro conseguiu defender e Claudio Winck isolou no rebote. O lance acordou os equatorianos que foram em busca do empate e passaram a ser mais perigosos na partida.

Mas a seleção brasileira acabou com as chances do rival aos 41 minutos. Em cobrança de falta pela esquerda, Adryan mandou a bola para dentro da área e encontrou Léo, que se antecipou à marcação na primeira trave e desviou para o gol, decretando a vitória do Brasil.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG