Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com um a menos, Fluminense vence o Americano e segue com chances

Rafael Moura marcou, foi expulso, mas Thiago Neves e Wellington Nem garantiram a vitória por 3 a 2

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Sem titulares, mas demonstrando muita vontade em campo, o Fluminense derrotou o Americano por 3 a 2 na noite desta quarta-feira, no estádio Godofredo Cruz, em Campos dos Goytacazes, e manteve vivas as chances de classificação às semifinais da Taça Guanabara. Em uma partida dramática, o time saiu na frente, teve um jogador expulso ainda no primeiro tempo, levou o empate, mas foi superior na segunda etapa e conseguiu a vitória.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Bem no início, o Flu marcou logo aos 13 minutos, em cobrança de pênalti de Rafael Moura. O drama começou quando o atacante foi expulso, aos 30 da primeira etapa. Poucos minutos depois, o Americano chegou ao empate com Marcos Felipe, mas superior na segunda etapa, o time das Laranjeiras marcou com Thiago Neves e Wellington Nem. O time de Campos ainda descontou com Hugo, mas já era tarde para o empate.

Leia mais: Quase substituído, Wellington Nem celebra insistência pelo 3º gol

Com a vitória, o Fluminense chega aos 10 pontos, na terceira colocação do grupo B. Para se classificar às semifinais, o time das Laranjeiras precisa vencer o Bangu no próximo sábado, às 19h, em São Januário, e torcer por um empate ou uma derrota do Boavista contra o Vasco no domingo, também às 19h, no estádio Engenhão.

O Jogo
Motivado pela vitória do Vasco sobre o Volta Redonda, minutos antes, o Fluminense entrou em campo com um time sem titulares importantes, como Deco e Fred, mas tentando aproveitar a velocidade de Araújo, aberto pela esquerda, e Wellington Nem, pela direita. Thiago Neves, centralizado, se aproximava de Rafael Moura para realizar as tabelas, enquanto Jean era responsável pela saída de bola.

Veja mais: Com muitas opções, Flu ainda busca entrosamento e pena no Carioca

'He-man' marca...
Os minutos iniciais foram de ritmo intenso, mas muitos erros de passes e faltas em excesso, travando o jogo. Um lance individual, porém, alterou o panorama 'amarrado' da partida. Aos 12 minutos, Wellingto Nem recebeu passe em profundidade na esquerda, entrou na área, mas foi puxado pelo zagueiro Ricardo Braz. O árbitro Rodrigo Nunes de Sá anotou a penalidade e deu amarelo ao atleta do Americano. Na cobrança, Rafael Moura bateu no cantinho, rasteiro, sem chances de defesa para Erivélton.

Leia também: Boca Juniors estreia com 0 a 0 contra Zamora, e Flu agradece

Apesar de já não ter como avançar à semifinal da Taça Guanabara, o Americano foi ao ataque e quase empatou aos 17 minutos. Alex desceu pela direita e cruzou para a área, mas Tardelly, completamente livre, cabeceou para fora, desperdiçando grande oportunidade de igualar o placar. O Fluminense também ficou perto de ampliar aos 26, após boa cobrança de falta de Thiago Neves no travessão.

...mas leva o vermelho
A situação que parecia confortável ao Fluminense, começou a mudar aos 30 minutos do primeiro tempo. Ao proteger uma bola de costas para o zagueiro Adalberto, Rafael Moura levantou o braço e o jogador do Americano se atirou no chão. O árbitro mostrou o cartão vermelho direto e deixou o Fluminense com um jogador a menos.

Photocamera
Thiago Neves marcou o segundo gol na vitória de 3 a 2 do Fluminense sobre o Americano

Na pressão, o time de Campos chegou ao empate aos 37 minutos. Após cobrança de escanteio da direita, a bola sobrou para Marcos Felipe, que soltou uma bomba, no ângulo do gol de Diego Cavalieri, deixando tudo igual no estádio Godofredo Cruz. Com um jogador a mais e a igualdade no placar, o Americano foi para o intervalo acreditando na vitória.

Confira a classificação da Taça Guanabara

Ao estilo 'matador', Thiago Neves decide
As duas equipes voltaram para o intervalo sem mudanças, mas o Fluminense voltou melhor, explorando os lados do campo, principalmente com Wellington Nem. Mais avançado, Thiago Neves se posicionava quase como um centroavante, ocupando . E ao maior estilo 'matador', o meia completou de cabeça um belo cruzamento de Bruno, colocando o time das Laranjeiras novamente em vantagem, aos cinco minutos da segunda etapa.

Mesmo com um jogador a menos, o Fluminense continuou melhor após o gol. Jean marcava e ainda ajudava na armação do time, iniciando quase todas as jogadas. Para tentar fechar o meio-campo, o técnico Abel Braga trocou o atacante Araújo pelo meia Lanzini.

No toque de bola, sem 'forçar', o Flu chegou ao terceiro gol aos 24 minutos. Jean encontrou Thiago Neves na esquerda, o meia olhou para a área e apenas rolou para Wellington Nem, que minutos antes havia saído de maca, se preparando para ser substituído, escorar para o fundo das redes.

Nos minutos finais, o atacante Hugo, que entrou na segunda etapa, aproveitou falha de Leandro Euzébio, ficou com a sobra e soltou a bomba, diminuindo o placar. Já era tarde, porém, e o Fluminense conseguiu segurar a vitória que mantém o time vivo no Campeonato Carioca.

FICHA TÉCNICA - AMERICANO 2 X 3 FLUMINENSE

Local: Estádio Godofredo Cruz, em Campos (RJ)
Data: 15 de fevereiro de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Ediney Mascarenhas (RJ) e Marco Aurélio Pessanha (RJ)
Cartões amarelos: Adalberto, Ricardo Braz e Evandro (AME); Anderson (FLU)
Cartão vermelho:
Rafael Moura (FLU)

GOLS
Americano - Marcos Felipe, aos 38 minutos do primeiro tempo; Hugo, aos 46 minutos do segundo tempo
Fluminense - Rafael Moura, aos 13 minutos do primeiro tempo; Thiago Neves, aos cinco, e Wellington Nem, aos 24 minutos do segundo

AMERICANO: Erivélton; Alex (Pedro), Adalberto, Ricardo Braz e Marcos Felipe; Caetano, Rhayner, Marcone (Hugo) e Pachola; Tardelly (Diego) e Evandro
Técnico: Luís Antônio Zaluar

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Digão, Anderson e Carlinhos; Valencia, Jean e Thiago Neves; Araújo (Lanzini), Wellington Nem (Wagner) e Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

Leia tudo sobre: FluminenseCampeonato Carioca 2012Abel Braga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG