Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com um a menos, Barueri empata no fim e mantém Renê Simões invicto

Time paulista conseguiu ser heróico e arrancar a igualdade no placar contra o Boa Esporte

Gazeta |

Foi heróico. Com um jogador a menos e com gols nos acréscimos, o Grêmio Barueri empatou, nesta terça-feira, com o Boa Esporte por 2 a 2. Com o resultado, o técnico Renê Simões seguiu sem perder no comando do time paulista na Série B do Campeonato Brasileiro.

A igualdade deixou o time da cidade de Barueri com 34 pontos, ainda uma distância considerável da degola. Já o Boa vive uma situação inversa. Há três jogos sem perder, o clube de Minas Gerais contabilizou 39 e ainda flerta com o G4, grupo dos clubes que ascendem à primeira divisão na temporada seguinte.

O jogo
Embalado por duas vitórias consecutivas na competição, o Boa Esporte começou a partida na Arena Barueri querendo somar outro triunfo. Mais confiantes, os mineiros tentaram impor velocidade, sobretudo pelos lados do campo. Os atletas mais perigosos foram Carlos Magno e Jheimy.

Sem perder desde a chegada do técnico Renê Simões, o Grêmio Barueri equilibrou o confronto na metade da primeira etapa. Aos 24 minutos, após passe do meia Marcelinho, revelado pelo Corinthians, Léo Gamalho aproveitou vacilo da vaga, mas carimbou o goleiro Luiz Fernando.

Na marca dos 35, o troco da equipe de Varginha. O goleiro Juninho, do Grêmio Barueri, foi tirar lançamento, furou a bola e quase entregou de bandeja para Waldison balançar as redes.

Após o erro crasso, o gol. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Rodrigo subiu mais que todo mundo e inaugurou o marcador aos 35 minutos. Os visitantes bem que tentaram igualar antes do intervalo, mas ficaram na vontade.

Mas foi só começar a segunda etapa para o Boa deslanchar. Aos 11, Olívia ganhou da defesa rival e bateu na saída de Juninho. Dois minutos dois minutos, em outra pane da zaga anfitriã, Jheimy consumou a virada.

A equipe mandante esboçou uma reação, mas o defensor Diego Giareta complicou novamente. Após cometer falta dura, ele foi expulso, aos 23 minutos. Foi o terceiro cartão vermelho consecutivo do atleta.

No entanto, os anfitriões não desistiram e chegaram ao empate nos acréscimos. Após arremate de longe, o goleiro Luiz Fernando soltou e Marcos Pimentel definiu o suado 2 a 2.

Leia tudo sobre: série b 2011boabarueri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG