Tamanho do texto

Atacante se machucou em partida de futevôlei na Toca e brincou dizendo que agora o time precisa dos pontos

Wellington Paulista levou três pontos na testa por trombada no futevôlei
Vipcomm
Wellington Paulista levou três pontos na testa por trombada no futevôlei
No último treino do Cruzeiro antes da viagem para Salvador, onde enfrenta o Bahia na próxima quarta-feira, o técnico Vágner Mancini repetiu a escalação do time, com uma novidade quanto à formação que empatou com o São Paulo : o atacante  Wellington Paulista está de volta no lugar de Farías. Coincidência ou não, a última vez que o time mineiro venceu na competição foi com o centroavante em campo. Se o time precisa de pontos, pelo menos o atacante já conseguiu os seus com um machucado na testa.

Cruzeiro é o 16º no Brasileirão. Veja a classificação completa do torneio

Na vitória diante do Atlético-MG , na última partida do primeiro turno, Wellington Paulista sentiu uma contusão muscular na coxa direita e só agora volta ao time. O jogador acredita que tudo não passa de uma coincidência. "Deve ser coincidência só. Espero que possamos voltar a vencer. Não é porque voltei que vamos vencer. O time todo tem qualidade. A situação é complicada e espero vencer. Não importa quem joga", afirmou o atacante.

Leia também: Victorino diz viver momento mais complicado da carreira

O jogador levou três pontos na testa na última sexta-feira, quando trombou com o volante Charles em uma partida de futevôlei na Toca da Raposa II. Nada que atrapalhe um dos seus pontos fortes, a cabeçada. "Não atrapalha. Já cabeceei uma bola no treino e não senti dor. Antes estava latejando. Não treinei marcando na área para evitar problema maior. Mas acho que na quarta-feira eu tiro os pontos", afirmou o centroavante, que ainda brincou com a situação. "Os três pontos da semana passada eu ganhei. Espero que possamos conseguir os dessa em Salvador", (risos).

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba informações do seu time em tempo real

Wellington Paulista está animado com o retorno ao time e explicou como deve ser a nova dupla com Keirrison . "Fiquei muito tempo parado, queria voltar o mais rápido possível. Voltei contra o São Paulo e o time foi bem. Manter a mesma pegada para vencermos lá na Bahia. Estou jogando um pouco mais aberto, voltando mais para recompor o meio-campo. Quando tiver o contra-ataque eu vou mais para o lado, pois o Keirrison é mais de área do que eu", concluiu.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente os pontos de Wellington Paulista