Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com três de Stankovic, Inter goleia Parma em casa

Os outros gols foram marcados por Cambiasso e Thiago Motta (para a Inter) e Hernán Crespo, que fez duas vezes para o Parma

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854181710&_c_=MiGComponente_C

O sérvio Dejan Stankovic roubou a cena neste domingo. O jogador chamou a responsabilidade em uma Internazionale com muitos desfalques, marcou três gols, e ajudou sua equipe a fazer 5 a 2 no Parma, no Giuseppe Meazza. Os outros gols foram marcados por Cambiasso e Thiago Motta (para a Inter) e Hernán Crespo, que fez duas vezes para o Parma.

A Inter saiu atrás no placar, mas Stankovic foi importante ao marcar dois gols em pouco mais de 30 segundos e liderar a virada, que chegou a ser ameaçada, mas terminou em uma goleada para a equipe nerazzurra.

O resultado deixa a Inter a sete pontos do líder Milan, que venceu neste sábado e lidera o Campeonato Italiano de maneira isolada.


O jogo
Muito desfalcada, a Internazionale tomou um susto logo aos quatro minutos. O brasileiro Ângelo, ex-Corinthians, avançou pela direita, viu Hernán Crespo na área e fez o cruzamento. A bola desviou em Zanetti e foi na direção do artilheiro argentino, que deu um leve toque sobre o goleiro Castelazzi

Atrás no placar, a Inter começou a ir para cima do Parma, mas, sem jogadores importantes como Phelippe Coutinho, Eto'o e Milito, não conseguia criar nenhuma chance de muito perigo. Enquanto isto, o Parma se aproveitava dos contra-ataques e finalizava muito a gol. Depois de fazer duas boas defesas, Castelazzi quase viu Giovinco marcar, mas a bola passou tirando tinta da trave.

Mesmo sem jogar bem, a Inter conseguiu o empate aos 17 minutos. Com liberdade, Stankovic arriscou a batida de fora da área. A bola desviou em Lucarelli e matou as chances do goleiro Mirante, que só assistiu ao gol de empate.

Menos de um minuto depois, Biabiany levou pela ponta direita e, com muita calma, viu o mesmo Stankovic chegando de trás. Ele rolou para o sérvio, que bateu forte, rasteiro. A bola mais uma vez desviou na zaga e Mirante não alcançou: 2 a 1, pouco mais de 30 segundos depois do empate.

Embalada pela virada, a Inter logo conseguiu ampliar o placar. Depois da cobrança de escanteio, Biabiany desviou para o meio da área e Esteban Cambiasso meteu a perna esquerda na bola para tocar para as redes: 3 a 1, aos 22.

AFP
Cambiasso comemora seu gol na vitória da Inter


A partir daí, a Inter passou a dominar a partida, sem dar muitas chances para o Parma e ainda levando perigo nos contragolpes.

Entretanto, após um bate-rebate na zaga da Internazionale, a bola passou por todos os defensores nerazzuri e sobrou para Crespo. O artilheiro não perdoou e marcou o seu segundo no jogo, devolvendo o Parma ao jogo, aos 36 minutos.

A equipe visitante, porém, não estava satisfeita em ir ao intervalo perdendo por um gol e ameaçou uma pressão, com Crespo obrigando Castelazzi a fazer uma grande defesa ainda antes dos 40 minutos, além das boas jogadas de Giovinco, sempre levando perigo.

O segundo tempo começou muito movimentado, com os dois times perdendo grandes chances nos primeiros minutos. O primeiro a ter oportunidade foi Cambiasso, que acabou batendo para fora depois de uma cobrança de falta. Em seguida, Crespo quase marcou seu terceiro, mas Castelazzi fez grande defesa.

Aos seis minutos, Ângelo ficou próximo de empatar a partida. Ele recebeu, dominou com tranquilidade e bateu com categoria, mas a bola acertou a trave da Inter.

Depois do jogo esfriar um pouco, a Inter garantiu a vitória aos 26 minutos. Depois de cruzamento na área e um bate-rebate, a bola sobrou nos pés de Thiago Motta, que soltou a bomba e ampliou a vantagem.

Apenas quatro minutos depois, Stankovic deu números finais ao jogo. O artilheiro do dia levou a bola, tirou o zagueiro, invadiu a área e bateu com firmeza, marcando seu terceiro na partida e o quinto da Internazionale, que ainda perdeu um gol feito com Pandev.

Leia tudo sobre: futebol internacionalitaliano 2010itália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG