Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com torcida de “hermanos”, Brasil chega a Córdoba para decisão

Fãs do futebol brasileiro, irmãos argentinos foram ao hotel da seleção recepcionar os jogadores

Marcel Rizzo e Paulo Passos, enviados iG a Córdoba |

Com camisa da seleção e ingressos para o jogo entre Brasil e Equador na mão, os irmãos Santiago e Marcelo Rosales recepcionaram a equipe de Mano Menezes na chegada a Córdoba na noite desta terça-feira. Os dois se dizem fãs do futebol brasileiro e vieram de Rosário para ver a partida desta quarta, no estádio Mario Kempes, válida pela Copa América .

“Eu torço para o Brasil há muito tempo. Não tem como explicar. É um sentimento mesmo”, diz Santiago, em espanhol. Para provar, ele carrega ingressos de jogos da seleção que já assistiu. Brasil e Argentina, em 2009, em Rosário, e o jogo contra o Paraguai no último sábado são algumas entradas que o argentino exibe com orgulho.

“Sei tudo da seleção. Fiquei triste que o Sandro foi cortado”, afirma Marcelo, mostrando estar bem informado sobre o time de Mano Menezes. “Eu queria o Elano de titular. Tem que tirar o Ramires”, completa.

“Já é decisão”
Com o apoio dos “hermanos”, a seleção brasileira chegou por volta das 23h 30 no hotel onde está hospedada em Córdoba. Na chegada, Julio Cesar falou sobre a partida. “Já é decisão. Agora é a primeira”, disse o goleiro.

Antes do embarque, Mano Menezes comandou o último treinamento da equipe antes da partida contra o Equador em Los Cardales. O técnico chegou a testar a voltar de Robinho, sacado no último jogo, e a troca de Daniel Alves por Maicon. O time titular, entretanto, só será conhecido minutos antes do jogo, que começa às 21h 45.

Um empate com os equatorianos classifica a seleção para as quartas de final. Se vencer o jogo, o Brasil poderá ficar em primeiro lugar no grupo.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG