Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com time completamente reserva, Palmeiras recebe desesperado Atlético-MG

Jogadores que têm pouca chance com Felipão tentam mostrar que servem para o elenco palmeirense de 2011

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

A um empate da final da Copa Sul-Americana, o Palmeiras vai entrar em campo pela primeira vez no Brasileirão com uma equipe completamente reserva. O rival deste domingo às 17h na Fonte Luminosa, em Araraquara, será o Atlético-MG, que ainda luta para não cair.

Nas últimas rodadas, Felipão mesclou. Relacionou Tinga, Gabriel Silva e Maurício Ramos na vitória por 1 a 0 contra o Guarani. Na derrota por 3 a 0 para o Atlético-GO, os titulares escolhidos foram Danilo e Márcio Araújo. Agora, nenhum dos 11 que normalmente começam o jogo estarão em campo. Rivaldo e Fabrício são os que mais vezes jogaram e que tentarão provar a Felipão que têm valor para o elenco.

"A gente tem a motivação de qualquer profissional. Mostrar que pode ser útil. Estou me sentindo muito bem aqui e quero ficar mais tempo no Palmeiras. Meu contrato acaba agora, mas quero ficar mais tempo", disse Fabrício.

Outra novidade é Lenny. Lesionado desde março, o atacante volta a estar entre os que fizeram parte da concentração. Via Twitter, o jogador até brincou com a situação e disse que nunca pensou que iria gostar tanto de ficar concentrado.

Se por um lado o Palmeiras joga sem nenhuma responsabilidade, o Atlético-MG precisa da vitória de qualquer jeito. O time de Dorival Junior tem 39 pontos, dois a mais que o melhor time da zona de rebaixamento, o Avaí.

Para a vitória mais do que fundamental, o treinador segue sem contar com Rever. Seu substituto será Lima, que fará dupla de zaga com Werley. E o jogador não liga para a falta de entrosamento que poderá apresentar durante o jogo.

"Não muda. Eu tive o prazer de jogar com o Werley em alguns jogos. Lembro que ganhamos do Corinthians, em casa, então, estou muito tranquilo. Os companheiros me passam muita tranquilidade e o grupo está muito confiante também. Então, o momento é bom e a gente tem que levar isto pra dentro de campo. Independentemente de quem vai estar do outro lado, é fazer nosso trabalho e conseguir esta vitória importante pra nós", afirmou o jogador.

Diego Souza e Obina também reencontram seu ex-time. Ambos deixaram o Palestra Itália em polêmicas. O primeiro acabou afastado depois de mostrar o dedo do meio para a torcida. O segundo foi devolvido ao Flamengo após trocar socos com Maurício dentro de campo.

Leandro é outro que já vestiu a camisa palmeirense. Diferente de seus companheiros, ele deixou a equipe sem problemas. O lateral-esquerdo alertou para a vontade dos reservas palmeirenses.

"Eles perdem muito sem Kléber e a bola parada de Marcos Assunção, mas quem entrar vai querer mostrar seu valor. Com o fim do ano, muitos jogadores vão querer renovar o contrato para seguir lá no ano que vem, então não podemos relaxar", avisou o defensor.

FICHA TÉCNICA: PALMEIRAS X ATLÉTICO-MG

Local:
Estádio Fonte Luminosa, Araraquara (SP)
Data: 20/11/2010, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Roberto Braatz (PR-Fifa) e José Antônio Chaves Franco Filho (RS)

PALMEIRAS: Bruno; Vitor, Leandro Amaro, Fabrício e Luis Felipe; Rivaldo, Pierre, Bruno Oliveira e Patrik; Ewerthon e Dinei
Técnico: Luiz Felipe Scolari

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Lima, Werley e Leandro; Zé Luís, Serginho, Renan Oliveira e Diego Souza; Diego Tardelli e Obina
Técnico: Dorival Júnior

Leia tudo sobre: atlético-mgcampeonato brasileirofutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG